Futebol Neymar custou quase 500 milhões de euros aos cofres do PSG desde que chegou ao clube, diz jornal espanhol

Neymar custou quase 500 milhões de euros aos cofres do PSG desde que chegou ao clube, diz jornal espanhol

Brasileiro foi contratado por 222 milhões de euros, transferência mais cara do futebol, e assinou o segundo maior contrato do esporte. Valores se mantiveram em renovação

Lance
Lance

Lance

Lance

Contratado pelo Paris Saint-Germain em 2017, Neymar é a transferência mais cara da história do futebol. Quando deixou o Barcelona, o brasileiro custou 222 milhões de euros aos cofres parisienses, superando, assim, a ida de Paul Pogba da Juventus para o Manchester United.

+ Veja a tabela e os jogos da Ligue 1


O que poucos sabem, porém, é que o maior atleta brasileiro da atualidade, além do valor da multa rescisória que o PSG pagou ao Barcelona em 2017, já custou quase 500 milhões de euros aos franceses. Segundo jornal espanhol "El Mundo", o contrato assinado pelo camisa 10 foi o segundo maior da história.

O time de Khalidou Al-Khelaïfi se comprometeu a pagar um salário anual de 43.334.400 euros nas cinco primeiras temporadas em que o jogador estivesse no Parque dos Príncipes. No sexto ano em Paris, se continuasse, o valor aumentaria para 50.556.117 euros.

Em maio, Neymar renovou seu contrato com o Paris Saint-Germain até junho de 2025. E segundo o portal de Madri, o novo vínculo do brasileiro tem "cláusulas similares" à do contrato anterior.

+ Ribéry, David Luiz… Confira os jogadores mais valiosos do mundo que estão sem contrato

Somando a multa rescisória paga pelo PSG ao Barcelona (222 milhões de euros) com os salários recebidos pelo jogador desde que chegou ao clube, o time da Cidade Luz já desembolsou 489.228.117 euros com Neymar.

Na conversão, o valor ultrapassa os R$ 3 bilhões (3.004.349.866,497), mas esta conta não é a correta por conta das variações do câmbio entre euro e real ao longo dos anos.

Últimas