Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Neymar confirma discussão com dirigente do PSG: 'Futebol não é só amor e carinho'

Jogador disse que discórdias e discussões são normais, mas que servem para melhorar a equipe

Futebol|

Imprensa francesa diz que discussão no vestiário impulsiona possibilidade de venda de Neymar
Imprensa francesa diz que discussão no vestiário impulsiona possibilidade de venda de Neymar Imprensa francesa diz que discussão no vestiário impulsiona possibilidade de venda de Neymar

Neymar falou com a imprensa nesta segunda-feira, véspera da partida entre o Paris Saint-Germain e o Bayern de Munique pela ida das oitavas de final da Champions League. O brasileiro falou sobre o momento do PSG vive e algumas polêmicas que rodearam o time durante a última semana, inclusive a discussão entre ele e o zagueiro Marquinhos contra o diretor de futebol do clube, Luís Campos. O dirigente teria cobrado mais empenho em campo.

"Aconteceu uma discussão, onde não concordamos com o que ele estava falando na hora. Mas acontece. Não é uma briga onde tudo se rompe. Eu discuto com os amigos todos os dias e amo eles. Discuto com minha namorada e seguimos juntos. É parte do futebol. Não é só amor e carinho. Há respeito entre as partes, mas há discórdias. É para melhorar o ambiente e o time. Viemos de derrotas, e o clima vai ficando chato, pois não estamos acostumados a perder. A discussão é válida. Isso ajudou porque clareamos a mente um do outro e conversamos", disse Neymar.

Os últimos resultados do PSG têm sido motivo para muitas críticas da parte de torcedores e imprensa francesa. O time parisiense vem de uma eliminação na Copa da França para o rival Olympique de Marseille e a derrota para o Monaco no último fim de semana na Ligue 1. Com relação a isso, Neymar disse que entende a contestação ao rendimento, mas que segue focado.

"Entendo as críticas, mas me sinto muito bem. Vou continuar jogando no meu melhor pelo Paris Saint-Germain e vou fazer isso até o final da temporada. Confio em mim, tenho muita confiança e vamos tentar mostrar a melhor versão do PSG", afirmou.

Publicidade

Leia também

O PSG entra em campo nesta terça-feira (14), pela ida das oitavas contra o Bayern de Munique, em casa. O jogo começa às 17h de Brasília.

De Marquezine a artilheiro da seleção: 31 momentos da carreira de Neymar, que faz 31 anos hoje

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.