Futebol Negociação por Matheus Babi esfria após desavença com valores

Negociação por Matheus Babi esfria após desavença com valores

Conversas entre Athletico-PR e Botafogo complicam nas últimas horas e transferência de atacante para o Furacão perde força

Lance
Negociação por Matheus Babi esfria após desavença com valores

Negociação por Matheus Babi esfria após desavença com valores

Lance

Os dias que prometiam ser decisivos para o futuro de Matheus Babi ainda não trouxeram uma resposta sobre a transferência do atacante. Botafogo e Athletico Paranaense, equipe que está interessada no atleta, estão com dificuldade para chegar em um acordo no sentido de valores de transferência e o negócio entrou em compasso de espera.

O LANCE! apurou que as últimas horas foram de complicação. A expectativa de todos os envolvidos era que a transferência fosse resolvida nesta quarta-feira, mas Botafogo e Athletico Paranaense não chegaram a um consenso quanto ao valor que será pago pela transferência e a porcentagem dos direitos econômicos do atleta que o Alvinegro manterá.

Entre Athletico e Serra Macaense, equipe detentora dos direitos de Matheus Babi, está tudo certo: será pago 1 milhão de euros (R$ 8 milhões, na cotação atual) por 60% da "fatia" do atleta.

O que separa a negociação de um aperto de mão é um acordo entre o Furacão e o Botafogo, que possui 40% de taxa de vitrine e tem peso na decisão do futuro do atleta. Inicialmente, o Athletico pagaria uma taxa entre R$ 2 a 3 milhões pelo jogador, além de manter uma porcentagem de venda futura do jogador para o Botafogo.

Sem nenhum acordo em nenhum desses pontos, a negociação recuou. Botafogo e Athletico terão uma nova "rodada de conversas" para que o Furacão chegue a um denominador que agrade o clube de General Severiano.

E se os aplicativos mais usados do mundo fossem times de futebol?

Últimas