Na Espanha, joia brasileira relata como está cidade durante pandemia

Marcelinho, que atua no Alcorcón, clube da região metropolitana de Madrid, descreveu como tem sido os seus dias e os dias da cidade neste período de combate ao coronavírus

Lance

Lance

Lance

Marcelinho foi formado na base do Santos, passou pela Portuguesa Santista e com 13 anos foi o único jogador do Brasil aprovado em peneira do FC Porto. Depois passou pela UD Oliveirense também em Portugal e hoje o atleta disputa a Liga de Madrid Sub-21 pelo AD Alcórcon.

- É muito triste ver uma capital como Madrid nessa situação. Praças e ruas que costumavam ser muito frequentadas hoje estão desertas! Todas as escolas, universidades e clubes fechados. Espero que em breve tudo volte a normalidade com o menor número de danos possíveis. – disse Marcelinho.

O pequeno município de Alcórcon fica na região metropolitana da capital espanhola, que é um dos epicentros da pandemia na Europa. Com as partidas pausadas já a 20 dias e ainda sem data marcada para retornar aos gramados, os jogadores tem um desafio psicológico e físico, se manterem focados e preparados em tempo de isolamento social.

- Estou passando por um momento difícil e delicado, assim como todos os atletas. Sinto muita falta de ter contato com a bola dentro de campo e da minha rotina de treinos. Desde os 5 anos acostumado a praticar esportes todos os dias e agora tendo que improvisar dentro de casa para manter a forma - comentou sobre o confinamento e a saudade de estar em campo.

O atacante de 18 anos de idade por onde passou foi tratado como uma pérola, o ex-menino da Vila hoje já fala como um atleta experiente que aos 13 anos dava entrevistas às televisões da baixada santista, disputou campeonatos de formação organizados pelo Barcelona FC, vestiu a camisa de um grande do futebol português e agora é a esperança de um clube que pode ser vitrine para os grandes da Espanha.

- Eu vinha fazendo uma excelente temporada em Portugal e após a virada do ano na janela de transferências de inverno tive a oportunidade de vir jogar no Alcorcón. Logo após a minha estreia com gol na Espanha surgiu a situação do vírus e suspenderam os jogos – declarou.

Os objetivos desta temporada mudaram por completo depois da chegada da Covid-19, os desejos por medalhas e títulos hoje dão lugar às vontades mais simples. Objetivo é voltar a fazer o que mais se ama, jogar futebol.

- Agora temos um objetivo global, sair dessa juntos, se cada um fizer sua parte sairemos mais fortes e prontos para alegrarmos os torcedores – concluiu.