Corinthians

Futebol Motivação, incentivo e recompensa... Veja o que foi dito no vestiário antes e depois da vitória do Corinthians

Motivação, incentivo e recompensa... Veja o que foi dito no vestiário antes e depois da vitória do Corinthians

Timão venceu o Ceará por 2 a 1, de virada, na última quarta-feira. Vagner Mancini e Flávio de Oliveira, preparador físico, puxaram a motivação do grupo e elogiaram após o apito

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians entrou em campo na última quarta-feira pressionado a vencer após uma sequência de duas derrotas, mas não só: enfrentaria também um adversário direto na luta por uma vaga na Copa Libertadores. Qualquer resultado que não fosse a vitória, comprometeria o objetivo do clube. Por isso, os discursos pré e pós-jogo foram muito direcionados a incentivar o grupo.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Veja os jogadores que participaram dos gols do Corinthians na Era Mancini

Todos os diálogos foram registrados pela TV oficial do clube, que divulgou nesta quinta-feira o vídeo com os bastidores da vitória por 2 a 1 sobre o Ceará.

Antes do aquecimento, quem tomou a palavra junto ao elenco foi o preparador físico Flávio de Oliveira, que reuniu o grupo em uma roda na saída do vestiário e apostou nas palavras motivacionais para esquentar o ânimo dos atletas.

- O que a gente faz no presente, reflete lá na frente, isso é plantar e colher, é da vida. Eu vejo assim, a gente não está contente. Está contente? Em 10º lugar? No Corinthians? Então, de novo, a bola vai dar oportunidade para vocês, porque eu não vou jogar, eu tento ajudar vocês e vocês vão jogar para cara***, porque a gente já mostrou na competição que a gente tem capacidade. Patinou? Patinou, mas faz parte do jogo - afirmou o profissional da comissão técnica.

Já momentos antes de entrar em campo, com os jogadores uniformizados, foi a vez de Vagner Mancini pedir a palavra e fazer suas últimas considerações para o elenco. Assim como Flávio de Oliveira, o objetivo foi incentivar e pedir intensidade e imposição em cima do adversário, a fim de buscar o resultado e conseguir uma resposta do que o time é capaz de fazer na competição.

- Vamos fazer por merecer o resultado, eu tenho pedido para vocês imposição, atitude, acima de tudo intensidade, mas tem que ser na dose certa, não pode passar do tempo. O mais importante no começo do jogo, para gerar confiança na gente, empurra o Ceará para o gol deles, empurra! A força que vocês mostraram nos outros jogos tem que ser vista hoje (quarta-feira), é o momento que nós temos de dar uma resposta para nós mesmos - disse o treinador.

No término da partida, com a vitória conquistada e o alívio por ter se recuperado das derrotas, Mancini parabenizou o grupo, principalmente por terem seguido exatamente aquilo que foi combinado antes do duelo.

- Parabéns primeiro a todos, nós fizemos um jogo extremamente equilibrado e inteligente, assim como eu pedi a vocês, um jogo duro, difícil - valorizou.

Enquanto isso, Flávio de Oliveira, novamente em tom motivacional, pediu a palavra também para parabenizar os atletas, mas sobretudo para mostrar o quanto é importante aproveitar a vitórias para seguir em frente no objetivo.

- Parabéns pela dedicação de todos, a gente sabe como é gostoso ganhar. A gente tem que ter essa vitamina todo dia, a gente sabe que é difícil, mas parabéns para todo mundo - concluiu o profissional.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30, diante do Athletico-PR, na Neo Química Arena, pela 35ª rodada do Brasileirão-2020. Atualmente, o Timão ocupa a oitava posição na tabela, com 48 pontos.

Últimas