Mosquito celebra volta ao Timão e revela o que passou antes de chegar ao clube: 'Fui humilhado e ameaçado'

Atacante retornou ao Corinthians e marcou um dos gols da vitória sobre o Coritiba, seu ex-clube. Jovem não escondeu a emoção com o tento e contou que o fez chorar após a partida

Lance

Lance

Lance

Um dos grandes personagens do Corinthians nesta semana, sem dúvidas, é Gustavo Mosquito. Em uma semana, ele passou de emprestado ao Paraná, disputando a Série B do Brasileirão, na outra ele estava fazendo gol pelo Timão na Série A. Não foi à toa que o jovem se emocionou após a partida contra o Coritiba, na última quinta-feira, mas a chegada até aqui não foi fácil.

Em entrevista ao programa "Expediente Futebol", do Fox Sports, o atacante revelou o que passou quando ainda estava no Coritiba, antes de chegar o Corinthians, em 2019, para a sua primeira passagem, e quando foi emprestado para o Vila Nova, mais recentemente. A lista de ocorrência vai de humilhação até ameaças, coisas que só ele e sua família souberam o que foi.

- Foram muitas coisas que aconteceram, desde a época que eu estava no Coritiba, que eu fiquei um ano sem jogar. Ali muitas coisas aconteceram, ali eu fui xingado, fui humilhado, fui ameaçado. Aí fui para o Corinthians, a minha primeira passagem aqui não foi muito boa, aí fui para o Vila Nova, lá eu fui vaiado, fui xingado, mas eu só tenho a agradecer esses clubes que eu passei, é muita gratidão, porque se não fossem esses clubes, eu não estaria onde eu estou hoje, talvez eu não estaria com a cabeça que eu estou hoje, sou um cara muito mais maduro, muito mais tranquilo, com a cabeça boa. Isso é muito importante na carreira de um atleta - disse, antes de completar:

- Só eu e minha esposa sabíamos o que passou, realmente só ela e minha família sabem o que eu passei para chegar novamente aqui no Corinthians. Futebol é altos e baixos, fui para alguns clubes, não fui aproveitado, não tive oportunidades, até eu coloquei um trecho na minha foto no Instragram, que eu fui vaiado, fui humilhado, e realmente foi isso que aconteceu. Mas o futebol é assim, a gente tem que ter a cabeça boa, a gente não pode desistir. Eu sou a prova viva disso e estou muito feliz de retornar, de fazer gol, aproveitar a oportunidade, agradecer muito a Deus, a minha família e ao Corinthians por me dar essa nova oportunidade - concluiu Mosquito.

Assim como todo o elenco, Mosquito está de folga nesta sexta-feira, e volta a treinar na manhã deste sábado, de olho no duelo com o Fortaleza, marcado para a próxima quarta-feira, às 21h30, pela quinta rodada do Brasileirão.