Futebol Montenegro admite dificuldades na renovação de Marcinho no Botafogo

Montenegro admite dificuldades na renovação de Marcinho no Botafogo

Pedida salarial alta do lateral-direito revelado na base do Glorioso é o principal empecilho para a ampliação do contrato vigente até o fim do ano, segundo dirigente alvinegro 

Lance
Lance

Lance

Lance

A renovação do vínculo de Marcinho com o Botafogo tem sido um assunto complicado para o Comitê Gestor de Futebol do clube. Em entrevista ao canal do jornalista Venê Casagrande, Carlos Augusto Montenegro, um dos principais nomes da cúpula responsável pelas decisões do esporte, admitiu que a pedida salarial alta tem sido o grande obstáculo para a permanência do lateral-direito em General Severiano.

– Eu particularmente não acho que é um jogador que valha milhões. Vale alguma coisa. Se quiser continuar, vamos renovar, mas temos que ver custo-benefício. Não tem rendido muito bem nos dois últimos anos, teve contusões. Outro dia vi que vai pedir R$ 300 mil por mês, se for isso pode ir embora. Primeiro que não temos, segundo que não vale. “Ah, mas já convocado para a Seleção Brasileira“. Dane-se. Mesmo se fosse a seleção do mundo ou se tivesse jogado na Seleção Brasileira. É raro eu pagar R$ 300 mil. Nem o Honda ganha isso, e gera muito mais dinheiro, marketing, disputou Copas do Mundo – afirmou Montenegro.

O dirigente também revelou que o jogador de 23 anos esteve próximo de deixar o Glorioso rumo ao Internacional no início do ano. Para Montenegro, o estafe do atleta tem dificultado as conversas.

– Gosto do Marcinho, é uma cria de casa. A torcida ora gosta, ora vaia muito, ora aplaude, ora xinga. Esse negócio de Seleção Brasileira acaba valorizando. Foi lá para conhecer o Tite, treinou e não fez nenhum jogo. Até por esse desgaste com a torcida, pode estar achando que tem capacidade para render mais em outro clube. Tentou sair de qualquer forma, através do seu empresário, no início do ano, quase foi para o Internacional, a proposta foi mudando e não aconteceu. Infelizmente teve contusão séria no início dos treinamentos, se Deus quiser vai voltar no meio do ano. A gente sente por ele e principalmente pelo empresário que não gostaria de renovar com o Botafogo. Ele não querendo, é só cumprir o contrato e sair, pode até assinar pré-contrato. Não posso fazer nada, se perder perdeu – completou Montenegro.

Revelado na base do Botafogo, Marcinho fez uma boa temporada em 2019, que lhe rendeu uma convocação para a Seleção Brasileira principal nos amistosos contra Senegal e Nigéria, em outubro. No início do ano, o lateral-direito lesionou o joelho e precisou passar por cirurgia.Com contrato válido até dezembro, Marcinho pode assinar pré-contrato com outro clube a partir de julho.

Últimas