Futebol Marcos Braz defende público de 10 mil pessoas nos estádios: '5 mil vacinados e 5 mil não vacinados'

Marcos Braz defende público de 10 mil pessoas nos estádios: '5 mil vacinados e 5 mil não vacinados'

Vice-presidente do Flamengo ainda comentou sobre Gerson, em entrevista: 'Talvez se houvesse público, a gente nem começaria a ouvir a proposta do Gerson'

Lance
Lance

Lance

Lance

Além de comentar a respeito da situação de Rogério Ceni no Flamengo, em entrevista ao canal "ESPN Brasil", Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, deu a sua opinião e levantou a bandeira em prol do público de volta aos estádios no futebol brasileiro em meio à pandemia da Covid-19.

- Eu sou a favor do retorno ao público de todas as pessoas que já foram vacinadas. Todas as pessoas que já passaram pelas duas doses da vacina, depois de completar o ciclo, sou a favor de todos voltarem ao estádio, com segurança e protocolo - falou Braz, emendando:

- Acho que podemos colocar 10 mil pessoas no estádio facilmente, 5 mil vacinados e 5 mil não vacinados. Eu sou vereador no Rio de Janeiro, falo isso não só com a responsabilidade de vice de futebol do Flamengo. Mas a gente não pode hoje cercear ou não começar a abrir as coisas para quem já está vacinado.

- Quem já está vacinado tem que ter uma vida normal, dentro do possível, dentro do "novo normal". Eu sou a favor dessa retomada dentro do que já falei - finalizou.

+ Vai começar! Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

SITUAÇÃO DE GERSON

Acerca de Gerson, Marcos Braz fez uma ligação da negociação envolvendo o camisa 8 com a ausência de público nos estádio, algo que tem pesado contra na balança dos clubes brasileiros. O dirigente voltou a falar do mercado e disse que o meio-campista tem apenas uma proposta (do Olympique de Marselha-FRA), e que o Rubro-Negro está avaliando os valores.

- Talvez se houvesse público, a gente nem começaria a ouvir a proposta do Gerson. Mas, infelizmente, isso não é possível.

Últimas