Futebol Marçal se queixa de vermelho recebido no duelo com Botafogo com o Corinthians: 'Não foi maldade no lance'

Marçal se queixa de vermelho recebido no duelo com Botafogo com o Corinthians: 'Não foi maldade no lance'

Lateral diz que o lance com corintiano Pedro foi duro, mas contesta interpretação da arbitragem

Lance
Lance

Lance

Lance

O lateral-esquerdo Marçal reforçou sua bronca com a expulsão que recebeu na derrota do  Botafogo para o Corinthians, por 1 a 0. Em entrevista na zona mista da Neo Química Arena, o camisa 21 criticou a decisão do árbitro no lance da sua dividida com o corintiano Pedro.

O cartão foi recebido após o árbitro revisar o lance no VAR. O jogador direcionou a expressão "isso aqui que é roubo, Abel!" para a câmera ao deixar o campo.

+ Condição especial para matrícula no curso Gestor de Futebol, aprovado por Dante, Petković, Léo Moura e outros craques. Saiba mais!

- Ali estamos de cabeça quente, obviamente na minha interpretação foi uma falta normal, ele (árbitro) tinha tomado a melhor decisão. Toco na bola, é uma dividida, é um lance duro de certa forma, mas lance normal de jogo. Não teve maldade, não cheguei tarde, toquei na bola, tanto que tem desvio. Julguei a interpretação dele má. Mas o VAR chamou, ele tomou a decisão dele, é o que fica. E segue - lamentou.

Em seguida, o capitão botafoguense assegurou.

- Não foi para vermelho. Toquei na bola, logo tentei jogar a bola, não acertar o jogador. Não foi maldade nem nada disso - disse.

Marçal ainda falou sobre a instabilidade alvinegra no Brasileirão.

- Obviamente, a gente queria ganhar. Não contávamos com essa expulsão, porque isso condiciona o jogo. Mas é isso, já passou, é olhar para o próximo jogo

Últimas