Maradona é opção para substituir Dudamel na seleção da Venezuela

De acordo com veículos sul-americanos, ídolo argentino é primeira opção para assumir a Vino Tinto; Proximidade de 'El Pibe' com Nicolás Maduro pode ser trunfo em negociação

Lance

Lance

Lance

Na última quinta-feira, o técnico Rafael Dudamel anunciou a rescisão com a seleção da Venezuela para assinar com o Atlético-MG - negociação que foi oficializada neste sábado pelo clube mineiro. Diante da movimentação, a FVF (Federação Venezuelana de Futebol) iniciou de imediato a busca por um novo treinador, visando uma inédita classificação para uma Copa do Mundo.

+ Reinier no Real, Vanderlei insatisfeito, Palmeiras de olho em lateral e mais: O vaivém deste sábado


De acordo com a mídia internacional, Diego Armando Maradona é o favorito para a vaga. Segundo o 'Infobae', da Argentina, a FVF fez uma sondagem inicial com pessoas próximas ao atual comandante do Gimnasia y Esgrima, equipe da primeira divisão do país 'hermano'.

Enquanto isso, o 'Olé' destacou a amizade de Maradona com Nicolás Maduro, presidente da Venezuela. De acordo com o jornal, 'El Pibe' garantiu sua permanência no Gimnasia a Gabriel Pellegrino, novo mandatário do clube, mas um chamado do chefe de estado poderia mudar os planos do eterno ídolo da da Albiceleste.

O venezuelano César Farias, atual treinador da seleção da Bolívia, seria o plano B da Vino Tinto. A intenção da FVF é escolher um novo comandante antes do início das Eliminatórias para o Mundial de 2022, que começam em março deste ano.