Futebol Mancini quer reequilibrar campanha do Corinthians por vaga na Liberta: 'Não podemos nos abater'

Mancini quer reequilibrar campanha do Corinthians por vaga na Liberta: 'Não podemos nos abater'

Técnico do Timão falou dos pontos perdidos que afetam na briga para estar no pelotão da frente, mas já quer buscar essa pontuação na próxima partida, diante do Bahia

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians não contava com a derrota por 2 a 0 para o Red Bull Bragantino em meio à busca por vaga na Copa Libertadores. Apesar da qualidade do adversário, que passou a entrar na mesma briga, uma vitória em casa fazia parte dos planos para se aproximar do pelotão da frente. Agora, na próxima quinta-feira, contra o Bahia, a ordem é buscar os três pontos como visitante.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Saiba as 20 transações mais lucrativas da história do futebol

Em entrevista coletiva após o revés na Neo Química Arena, Vagner Mancini lamentou os pontos perdidos em uma atuação abaixo do Timão, já que pensava-se até em uma posição posição no G4, o que acaba frustrando o grupo, mas o momento é de não se abater e já buscar a recuperação diante do Tricolor baiano, na Fonte Nova, para manter o foco na Libertadores.

- Lógico que nos atrapalha muito, porque se tivéssemos tido seis pontos do jogo do Palmeiras e do jogo de hoje, nós estaríamos numa situação muito mais confortável, pensando efetivamente até em G4, seis pontos foram jogados fora e isso acaba frustrando, então tem que respirar fundo, tem muita coisa a ser jogada ainda, a ser melhorada, a equipe não fez um bom jogo, muito aquém daquilo que a gente vê o Corinthians jogar, mas é seguir firme e forte, sabendo que quinta-feira nós estaremos em campo novamente - analisou o técnico.

Além disso, o Red Bull Bragantino, com 44 pontos e na 11ª posição, passou a sonhar com essa vaga, o que traz mais complicação para a jornada do Corinthians por esse objetivo. Mancini, porém, atentou para o jogo a menos que sua equipe tem no campeonato para seguir firme nessa meta.

- Em termos de G6 ou G8, a derrota nos complica porque o nosso adversário (Red Bull Bragantino) passa a brigar, mais um time que está brigando, que está perto da gente, temos ainda um jogo a menos do que a maioria das equipes e nós temos que fazer valer o fato de somar os três pontos, mesmo a equipe jogando fora de casa, nós temos que ter uma postura que possibilite que a gente volte a sonhar dentro desse nosso objetivo.

E para manter esse sonho, Mancini sabe que não há outra forma para fazer isso que não seja vencer as partidas em sequência e conquistar os 15 pontos projetados pelo treinador, principalmente esses fora de casa, que servirão para reequilibrar a campanha do time nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

- Vencendo as partidas, não tem outra maneira, nós temos que ser realistas, o Corinthians tem que ganhar os jogos que faltam, se ele quiser sonhar com a segunda etapa, lá atrás nós tínhamos uma meta de fugir do Z4, e fugimos. A partir do momento que a gente entra em outra meta, essa meta é mais difícil, e se nós não tivermos as vitórias em sequência, fica difícil caminhar com isso,

- A gente sabe que esses pontos de hoje (segunda-feira) não voltarão mais, infelizmente a gente sente, mas de forma alguma a gente pode se abater, temos muitos exemplos de equipes que jogaram dentro de casa, perderam pontos importantes e foram buscar fora, então essa é a nossa missão, somar esses pontos fora de casa para que a gente possa reequilibrar a campanha.

O Corinthians volta a campo nesta quinta-feira para enfrentar o Bahia, às 21h, na Fonte Nova, em partida atrasada da 30ª rodada do Brasileirão-2020. Atualmente o Timão está na 10ª posição na tabela, com 45 pontos.

Últimas