Manchester United pode ver valor de mercado de Pogba despencar na crise

Segundo estudo, pandemia do coronavírus irá causar grande impacto financeiro no futebol que deixará de movimentar muito dinheiro nas próximas janelas

Lance

Lance

Lance

A pandemia do coronavírus pode impactar de maneira gigantesca a economia do futebol mundial nos próximos meses. De acordo com um estudo do Centre International d’Etude du Sport (CIES), os clubes das cinco principais ligas do Velho Continente podem ter uma arrecadação 28% menor do que se tinha expectativa antes da crise e um dos exemplos é Pogba, do Manchester United que, segundos os dados, pode perder quase metade do seu valor de mercado e passar a valer 35 milhões de euros (R$ 197 milhões), enquanto há poucas semanas estava avaliado em 65 milhões de euros (R$ 367 milhões).

O mercado do futebol movimentaria 23,4 bilhões de euros (R$ 132 bilhões) ao invés de 32,7 bilhões de euros (R$ 184 bilhões). No entanto, de acordo com a instituição, tudo vai depender de quando os campeonatos irão terminar e como ficarão questões contratuais de atletas com vínculos atuais.

Todos os decréscimos levam em conta diversos fatores, como a idade de jogadores, a duração do contrato atual, a trajetória profissional e o papel mais recente do atleta. As maiores perdas se refletem a jogadores com contrato de curto prazo e que tenha jogado menos partidas na atual temporada do que na anterior.