Futebol Luís Castro diz que Botafogo cometeu 'sucessão de erros' contra o América-MG e frisa: 'Precisamos nos reforçar'

Luís Castro diz que Botafogo cometeu 'sucessão de erros' contra o América-MG e frisa: 'Precisamos nos reforçar'

Comandante português ressaltou que o bom desempenho defensivo nas jogadas aéreas ruiu diante do América-MG. Para ele, a equipe terá que ser mais competitiva para reverter 

Lance
Lance

Lance

Lance

O Botafogo não conseguiu impor seu jogo diante do América-MG e viu o adversário ser mais competitivo e construir um resultado expressivo no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil. Na coletiva de imprensa, Luís Castro disse que a equipe cometeu 'uma sucessão de erros' e pediu reforços para a sequência da temporada.

- Eu acho que todos nós estamos de acordo de que precisamos nos reforçar. Nem que seja com os jogadores que estão fora por lesão. Hoje jogamos com equipe do ano passado, da Série B, com Sampaio e Patrick de Paula. Claro que para uma Série A normalmente não se joga só com os atletas do campeonato anterior. Claro que reforços têm que vir. Se olharmos, também nos falta o Erison, o Lucas Fernandes, o Piazon, o Victor Cuesta, para sermos mais fortes - disse o treinador.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

- Aquilo que vinha acontecendo com a equipe em termos defensivos sobre a bola aérea se ruiu por completo. O adversário cada vez que cruzava, nos colocava em sérias dificuldades. Nunca fomos uma equipe estável e competitiva dentro do jogo. A equipe começou mal o jogo, logo na primeira saída de bola cometemos logo um erro. A partir dali foram uma sucessão de erros que levou a um resultado volumoso e como diz o que fazer no jogo de volta - explicou, e em seguida emendou:

- A equipe terá que mudar a sua forma competitiva para reverter um resultado desses. Hoje não fomos competitivos, principalmente no primeiro tempo. O adversário foi muito mais competitivo que nós. Nós quando começamos o jogo e deixamos o América ficar por cima como ficou, normalmente uma equipe não consegue virar o jogo. Pode virar em termos táticos e estratégicos, mas em competitividade. Nós não conseguimos, e o América foi melhor que nós durante todo jogo - acrescentou.

+ ATUAÇÕES: Defesa tem fraco desempenho em noite desastrosa do Botafogo pela Copa do Brasil

O jogo de volta contra o Coelho está marcado para o dia 14 de julho, às 20h, no Nilton Santos. Antes disso, o time da estrela solitária voltará suas atenções ao Campeonato Brasileiro, e na segunda-feira encara o RB Bragantino, às 20h, no Nabi Abi Chedid. O jogo será válido pela 15ª rodada da competição nacional.

Últimas