Futebol Luís Castro cita técnicos da Premier League para reforçar confiança no Botafogo

Luís Castro cita técnicos da Premier League para reforçar confiança no Botafogo

Português comentou situações de Mikel Arteta, do Arsenal, e Jürgen Klopp, do Liverpool, para reflexão sobre tempo, trabalho e regularidade

Lance
Lance

Lance

Lance

O Botafogo parece ter reencontrado o caminho dos trilhos. A equipe comandada por Luís Castro venceu o São Paulo por 1 a 0 no Morumbi, no último domingo, pelo Brasileirão, e está a dois pontos do G8 no Brasileirão.

+ Análise: Tiquinho e Adryelson trouxeram o equilíbrio que Botafogo tanto buscava neste Brasileirão

Após o duelo, o treinador português fez uma reflexão sobre tempo, paciência e continuidade de trabalho. Para isso, o comandante fez uma comparação com dois comandantes da Premier League.

- Nunca foi por falta de crer que essa equipe deixou de ganhar, foi muitas vezes por superioridade do adversário, e aí temos que nos render quando o adversário é superior, outras vezes por infelicidades, outras por erros nossos e outras por erros meus. Para conquistarmos essa regularidade ainda hoje (domingo) olhávamos para um jogo Arsenal x Liverpool e tinha o Arteta no terceiro ano no Arsenal, mas com os dois primeiros anos muito difíceis, e o Klopp, que só veio a ter resultados no quinto ano de Liverpool. Futebol não há milagres, vai ser sempre assim, as pessoas que acham que não, hoje em dia há uma sociedade de pressa, querem pressa em tudo... Para atingir os resultados é preciso muito trabalho, só o trabalho nos dá condições. O trabalho é um espelho da vida - analisou.

Klopp e Arteta

Klopp e Arteta

Lance

Arteta, do Arsenal, e Klopp, do Liverpool (Foto: Adrian DENNIS / AFP)

Com 43 pontos, Luís Castro deixou para trás o discurso de lutar contra o rebaixamento e admite que, de fato, a briga do Botafogo é a busca por uma competição internacional.

- Nós, em termos de classificação, atingimos o nosso primeiro propósito, que era a permanência na Série A. Se não ficou totalmente garantido, hoje ficamos com quase essa certeza. A partir do momento que alcançamos um objetivo passamos para outro, que é tentar uma das competições internacionais, Libertadores ou Sul-Americana. A regularidade pode nos levar a isso. Nós queremos sempre mais e olhar sempre para o próximo jogo como uma oportunidade de ganharmos... Queremos olhar para o jogo contra o Internacional como uma oportunidade de vitória - colocou.

Últimas