Futebol Léo, do São Paulo, revê Fortaleza na Copa do Brasil após ser destaque em classificação na última temporada

Léo, do São Paulo, revê Fortaleza na Copa do Brasil após ser destaque em classificação na última temporada

Jogador fez o gol de pênalti decisivo na disputa contra o Leão Cearense, no Morumbi, pelas oitavas de final do mata-mata nacional. Defensor é o terceiro com jogos neste ano

Lance
Lance

Lance

Lance

O duelo do São Paulo contra o Fortaleza, nesta quarta-feira (25), no Morumbi, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, será especial para o zagueiro Léo. Isso porque o defensor foi destaque na classificação do Tricolor diante do Leão nas oitavas de final do mata-mata nacional na última temporada.

Na ocasião, o Tricolor era comandado por Fernando Diniz e Rogério Ceni era o técnico do Leão. Na ida, um duelo emocionante no Castelão, que terminou em empate por 3 a 3. David, Tinga e Gabriel Dias marcaram para o Fortaleza. Brenner, duas vezes, e Luciano para o São Paulo marcaram os gol do São Paulo. Na segunda etapa, os donos da casa tiveram dois jogadores expulsos e estavam vencendo, mas Brenner nos acréscimos, empatou.

Já no Morumbi, mais um duelo emocionante. O São Paulo abriu 2 a 0 com Brenner, e se classificava de forma tranquila. No entanto, o Fortaleza não desistiu e em dez minutos, com gols aos 35 e 46 do segundo tempo, empatou a partida e levou a decisão aos pênaltis. Depois de 17 cobranças, Volpi defendeu e coube a Léo acertar o pênalti e classificar o Tricolor às quartas de final.

VEJA A TABELA E SIMULE OS JOGOS DA COPA DO BRASIL

Depois desse jogo, Léo foi ganhando cada vez mais espaço no time e renovou seu contrato no começo desta temporada. Agora, o novo vínculo vai até dezembro de 2024 - o anterior era até o final de 2022. Mesmo com a chegada de Crespo e a utilização de um novo esquema tático, o jogador continuou na equipe.

Léo, inclusive, é o segundo jogador mais atuou nesta temporada, com 38 jogos. Ele só está atrás do goleiro Thiago Volpi, que atuou em 41 partidas. Nesses 38 confrontos, foram 20 vitórias, 12 empates e apenas seis derrotas.

Últimas