Leandrinho consegue liminar e rescinde contrato com o Botafogo

Meia de 23 anos alegou atraso por parte do Alvinegro nos pagamentos de mais de três meses de salário e teve os pedidos acolhidos pelo Tribunal Regional do Trabalho do Rio

Lance

Lance

Lance

O meia Leandrinho conseguiu rescindir o vínculo com o Botafogo, por meio de uma decisão judicial. O jogador de 23 anos usou o atraso salarial como argumento para o pedido, acolhido, nesta quarta-feira, pelo Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1), em processo que tramita na 60ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. O juiz Robert de Assunção Aguiar, concedeu liminar uma determinando a rescisão indireta do contrato de trabalho entre o atleta e o clube. A informação é do portal Esporte News Mundo, confirmada pelo LANCE!

Leandrinho alegou atraso nos vencimentos dos meses de março de deste ano (integral), abril (40%), maio (40%), junho(40%), férias e FGTS. O valor da causa totaliza mais de um milhão de reais.

A decisão é passível de recurso. Na sua defesa, o Glorioso admitiu a dívida, mas culpou as dificuldades financeiras decorrentes da pandemia do Covid-19 para justificar a demora nos pagamentos.

No Botafogo desde 2016, Leandrinho tem um total de 47 jogos e 15 gols com a camisa alvinegra. Na atual temporada, participou de apenas uma partida. Em 2019, ele foi emprestado ao Sport, após dois anos sem grande destaque em General Severiano, devido a uma sequência de lesões. No início de 2020, retornou ao Glorioso, com quem tinha contrato até dezembro. Desde antes da paralisação imposta pela pandemia, no entanto, já estava fora dos planos da comissão técnica e treinando separadamente do elenco.