Klopp e Van Dijk comentam quebra da invencibilidade do Liverpool

Técnico não ficou chateado por não igualar recorde do Arsenal de 2003/2004 e diz que essa nunca foi a intenção da equipe. Zagueiro concluiu que time precisa jogar melhor

Lance

Lance

Lance

O Liverpool surpreendeu os fãs do futebol no último sábado, mas de forma negativa ao sofrer uma estrondosa derrota para o Watford, time que luta contra o rebaixamento no Campeonato Inglês, por 3 a 0. Apesar da derrota, Klopp disse que não está chateado pela equipe ter perdido a invencibilidade na Premier League. Já o zagueiro Virgil Van Dijk concluiu que os Reds precisam melhorar a qualidade do futebol apresentado.

O comandante alemão admitiu que a apresentação da equipe ficou bem abaixo do esperado e que o time precisa voltar para os trilhos.

- Não estou chateado por não termos ficado invictos na temporada. Não fomos bem o suficiente. Eu vejo isso de forma positiva para jogar futebol de novo. Não temos que tentar defender ou quebrar recordes, temos que ganhar partidas. Temos que mostrar reação, precisamos permanecer nos trilhos. O que os jogadores fizeram até agora é excepcional.

O zagueiro holandês comentou que o time precisa olhar para o próprio futebol jogado e tentar melhorar, visto que nas últimas partidas, a equipe não apresentou bons jogos.

- Temos que olhar para nós mesmos, precisamos melhorar novamente. Se você concede três gols, é porque precisamos melhorar como um todo. O único ponto positivo é que temos um jogo da Copa da Inglaterra em poucos dias. Perder dói, o recorde é para as pessoas comentarem, pois nós nunca falamos sobre isso. Queremos vencer o próximo jogo, pois este é o único jeito de seguir em frente.

O Liverpool sofreu suas primeira derrota no Campeonato Inglês desde março de 2019. A equipe ainda lidera a Premier League com folga de 22 pontos para o Manchester City faltando apenas 10 partidas para o fim da competição. O próximo compromisso dos Reds é o Chelsea, pela Copa da Inglaterra, e encara o Bournemouth antes de enfrentar o Atlético de Madrid pela Liga dos Campeões.