Futebol Juventus esboça reação, mas perde para o Benfica e está eliminada da Champions League

Juventus esboça reação, mas perde para o Benfica e está eliminada da Champions League

Equipe de Lisboa chega a abrir goleada e Juve quase busca reação; Encarnados se classicam ao mata-mata do torneio

Lance
Lance

Lance

Lance

Classificado! O Benfica venceu a Juventus por 4 a 3 nesta terça-feira no Estádio da Luz, em Lisboa, em jogo válido pela quinta rodada do Grupo H da Uefa Champions League. António Silva, João Mário e Rafa Silva (duas vezes) marcaram para os Encarnados, enquanto Vlahovic, Milik e McKennie anotaram os gols da Juve.

Com a vitória, o time português se classificou ao mata-mata do torneio, junto com o Paris Saint-Germain, que também venceu. A Juventus, por sua vez, amargou a eliminação e tenterá a vaga na Liga Europa.

ACONTECEU DE TUDO
O primeiro tempo no Estádio da Luz foi marcado pela intensidade, correria e alto número de gols. O Benfica abriu o placar com António Silva, seu primeiro gol como profissional, aparando ótimo cruzamento de Enzo Fernández de cabeça aos 17 minutos.

Mas não demorou para a Juventus buscar o empate. Vlahovic deixou tudo igual após desvio no segundo pau, mas o gol só foi validado após revisão do VAR aos 21.

+ Veja a tabela da Champions League

DEIXOU MAIS DOIS
E antes do intervalo, o Benfica foi às redes mais duas vezes. João Mário converteu pênalti para a equipe de Lisboa aos 28 e Rafa Silva anotou o terceiro aproveitando cruzamento rasteiro vindo da direita aos 35.

COMEÇOU COM TUDO, DE NOVO!
E logo aos cinco minutos de segundo tempo, Grimaldo se antecipou, roubou a bola da Juve e acionou Rafa Silva dentro da área, que novamente castigou o time italiano e anotou o quarto gol do Benfica, 4 a 1.

QUASE REAGIU
​Aos 31 da etapa final, o artilheiro Milik descontou, após receber cruzamento da esquerda. E três minutos depois, em nova jogada pelo mesmo lado, McKennie aproveitou a sobra do rebote dentro da área e marcou o terceiro da Juve, deixando o placar apertado na Luz, mas que não foi o suficiente, 4 a 3.

Últimas