Juan não vê nervosismo do Fla antes da final do Mundial: 'Jesus sabe o que fazer neste momento'

Zagueiro do Flamengo e integrante da delegação rubro-negra em Doha falou com jornalistas antes do treino do time de Jorge Jesus, nesta quinta: 'Estamos concentrados'

Lance

Lance

Lance

Júlio César não foi o único ídolo do Flamengo que pendurou as chuteiras (ou luvas) e está em Doha. Juan, que passa por um processo de aprendizado em diversas áreas da direção, está na capital do Qatar com a delegação rubro-negra. E, nesta quinta-feira à tarde, atendeu à imprensa.

O ídolo do Rubro-Negro não vê o elenco de Jorge Jesus tenso com a decisão deste sábado, diante do Liverpool, na reedição do Mundial de 1981. Pelo contrário, sobretudo pelo trabalho bem trilhado pelo Mister.

- Temos um grupo experiente, de grandes jogadores e um grande treinador. O Jesus, mais do que ninguém, sabe o que fazer e como proceder neste momento - comentou, emendando sobre o alto astral nos bastidores:

- Clima bom, como sempre teve. Esse ano, o Flamengo conseguiu jogar em alto nível em quase todas as partidas no segundo semestre, sempre concentrado e consciente o que fazer dentro de campo. Neste sábado, não será diferente. Vamos tentar fazer uma grande partida.

Juan não quis saber de entrar em polêmica e entrar no debate se os europeus levam o Mundial com o mesmo em relação aos sul-americanos.

- Na nossa parte, estamos 100% envolvidos. Queremos coroar esse ano que tivemos, dar esse título para a torcida e ficar ainda mais marcado na história do clube. Estamos concentrado por um ótimo jogo.

Confira outras partes da entrevista:

O AMIGO JÚLIO CÉSAR VAI PASSAR MAL DE NOVO?

- Vai ser difícil (o goleiro se contar em caso de título), uma emoção forte, estamos acostumados a estar sempre envolvidos dentro de campo, sendo mais racionais. Agora, fora, a emoção transparece mais. Não é novidade para ninguém, somos identificados e torcedores apaixonados, além de ex-jogadores do clube.

VONTADE DE ENTRAR EM CAMPO

- É um jogo que todo cara que jogou futebol queria estar dentro, infelizmente não dá mais, têm 23 jogadores privilegiados por fazer parte dessa final. Vou colaborar de fora. Estamos confiantes.

POSSÍVEL AUSÊNCIA DE VAN DIJK

- É um dos melhores jogadores do mundo, não só como zagueiro. Pela última temporada que fez, é um ponto de referência do time deles. Se não jogar, vai fazer muita falta, mas, pelo que eu escutei, não é nada muscular (o holandês está "enfermo", segundo os Reds) e pode ser que se recupere até sábado.