Futebol Jogador da MLS participa de discussões antirracistas

Jogador da MLS participa de discussões antirracistas

Jacori Hayes, no Minnesota United, escreve textos nas redes sociais  e participa de live comentando os atos que ocorrem nos Estados Unidos desde a morte de George Floyd

Lance
Lance

Lance

Lance

O jogador de futebol Jacori Hayes tem feito declarações públicas sobre racismo desde o assassinato do negro George Floyd por um policial branco nos Estados Unidos. O apoiador do Minnesota United escreveu um texto e participou de discussões sobre o assunto.

Ele também visitou o local onde Floyd foi morto e falou dessa experiência:

- Eu acabei ficando um ou dois minutos e fui embora. Tive sentimentos mistos sobre a ideia de ir lá, pois não queria me sentir como num evento turístico, como se fosse tirar fotos e dizer: "Eu fui lá". Pessoalmente, eu não queria ser insensível.

Jacori Hayes esteve relutante em falar de injustiça racial desde que Colin Kaepernick teve que deixar as competições da NFL por causa de protestos na quadra: ele costumava se ajoelhar durante a execução do hino nacional.

Hayes lembra o quanto o então quarterback do San Francisco 49ers foi ridicularizado e até punido pelas manifestações antirracistas. Mas conta que, após a morte de Floyd, uma faísca reacendeu.

-Nós sabemos o que aconteceu com Colin. Eu não queria colocar minha carreira em risco fazendo esse tipo de coisa. Mas chega um momento em que a questão é maior que o futebol e a carreira pessoal. Trata-se de ajudar as pessoas.

Últimas