Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Jenni Hermoso depõe na Espanha sobre caso Rubiales: 'Não mereço estar vivendo tudo isso'

Craque da seleção espanhola foi beijada na boca por presidente da federação local após título na Copa do Mundo Feminina

Futebol|Do R7


Jenni Hermoso presta depoimento sobre beijo forçado de Rubiales
Hermoso esteve entre as principais artilheiras da Copa do Mundo Feminina, com três gols (Foto: IMAGO / ZUMA Wire)

Jennifer Hermoso, craque da Espanha na Copa do Mundo Feminina, prestou depoimento à Justiça espanhola na segunda-feira (9) em relação ao caso Rubiales. A atacante foi alvo de um beijo forçado pelo então presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Rubiales, durante a premiação da competição vencida pela Roja. Alguns trechos do depoimento foram disponibilizados pelo canal local "Telecinco".

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu Whatsapp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

"Eu não mereço estar vivendo tudo isso. Tem sido muito difícil não poder sair de casa, tive que sair de Madrid para não sofrer essa pressão. Por que tenho que estar chorando em casa se não fiz nada? Mancharam a minha imagem, eu senti que ninguém estava me protegendo. Estavam me pedindo que os protegesse, que os ajudasse, mas em nenhum momento senti que alguém estava me protegendo", disparou a camisa 10.

No início de setembro, a própria jogadora havia formalizado denúncia contra o mandatário pelas ações após a final contra a Inglaterra. Com as investigações em andamento, Rubiales afirmou veementemente em assembleia que não se demitiria, mas acabou renunciando ao cargo devido às investigações.

Publicidade

No dia 2 de outubro, três companheiras de Jennifer na Copa compareceram ao Tribunal Nacional. Alexia Putellas, Irene Paredes e Misa Rodríguez prestaram depoimento confirmando que a camisa 10 foi pressionada por Rubiales e sua comitiva para se manifestar em defesa do diretor. Com a sequência dos depoimentos, Jenni também falou sobre ter sido pega de surpresa pela ação de Luis.

"Como ia esperar isso naquele cenário, em uma final de Copa? Eu saudei a rainha [da Espanha], abracei sua filha e o seguinte era Rubiales. A primeira coisa que disse quando o abracei foi que tínhamos conseguido. A única coisa que me lembro é ele me dizer 'Esta Copa ganhamos graças a você'. O que lembro depois são as suas mãos na minha cabeça e o beijo na boca. Estava em choque", completou a jogadora.

Publicidade

Hermoso ainda diz que a Copa foi um "um feito histórico que nos custou a vida conseguir. Em nenhum momento podia esperar que acontecesse isso. Pela adrenalina do momento, eu o abracei, era uma pessoa de confiança e ninguém esperaria isso, por muito espontâneo que fosse. Fiz das tripas coração e continuei comemorando com as minhas companheiras. Não queria me arrepender de não ter desfrutado daquele momento".

A situação apenas explodiu uma crise que já estava instaurada na seleção da Espanha. O beijo levou a boicotes de algumas jogadoras contra a federação, além de ocasionar na demissão do treinador Jorge Vilda, que era próximo a Rubiales e brigado com boa parte das atletas campeãs do mundo. Em seu lugar, assumiu a auxiliar Montse Tomé, que estreou com vitórias sobre Suécia e Suíça na Liga das Nações.

Além de beijar campeã da Copa, dirigente teria roubado dinheiro para festa; conheça Luis Rubiales

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.