Jean Mota quer treinador ofensivo no Peixe e diz: 'Meu foco é o Santos'

Meia gostou da ideia de ter novo técnico estrangeiro, mas afirmou que prioridade é ser ofensivo: 'O Santos sempre teve filosofia de jogar pra frente'

Jean Mota ressalta foco em continuar no Santos em 2020

Jean Mota ressalta foco em continuar no Santos em 2020

Lance

A grande notícia nos últimos dois dias foi a saída do técnico Jorge Sampaoli do Santos. Depois de não entrar em acordo com o presidente José Carlos Peres, o argentino foi demitido pelo clube.

O meia Jean Mota, um dos destaques do Santos no primeiro semestre deste ano, lamentou a demissão do argentino, mas já espera que o Santos conte com um novo treinador para iniciar a pré-temporada de 2020.

Jean Mota não tinha a confiança da torcida santista no início de 2019, mas os gols, as assistências e as boas atuações fizeram com que o meia caísse nas graças dos torcedores e se tornasse o Craque do Campeonato Paulista. Ele marcou oito gols no torneio estadual.

- Vi pelas redes sociais, ficamos tristes. A gente tinha desejo que ele continuasse o trabalho. Infelizmente não foi possível, agora é pensar no novo treinador, descansar e que possamos ter um ano muito bom como foi este - afirmou Jean Mota, em jogo beneficente do ex-zagueiro Narciso, na última terça-feira, na Vila Belmiro.

- Sempre bom (técnico estrangeiro), mas eu não sou presidente nem diretor. Eles quem contratam e sabem o que é melhor pro clube. A gente tem de procurar acatar o que o treinador que vier pedir. O Santos sempre teve a filosofia de jogar pra frente e vai ser sempre assim, espero que venha um treinador para fazer isso - completou o camisa 41 do Peixe.

Constantemente assediado nas últimas janelas de transferências, Jean Mota deixou seu futuro com Peres e com seu empresário, porém, ressaltou o desejo em continuar no Santos por mais alguns meses.

Na última semana, o Bahia ofereceu cerca de R$ 5 milhões ao estafe de Jean, que levou adiante ao presidente. No entanto, Peres recusou prontamente a proposta. O jogador terminou o ano sendo opção no banco de reservas.

- Tenho contrato de três anos, meu foco é ficar no Santos. Deixo pra diretoria e meu empresário esta parte de propostas. Se eles falarem que não contam comigo, que não dá pra eu continuar ai vou procurar outro lugar, mas por enquanto ninguém falou comigo e o meu desejo é ficar no Santos - comentou o jogador.

Desde meio de 2016 no Santos, Jean já atuou 164 vezes e marcou 15 gols. Nesta temporada, com Sampaoli, o meia fez 10 e deu sete assistências em 51 partidas.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Seu time precisa de goleiro? Veja boas opções disponíveis no mercado