Janela fecha e Santos deixa de vender Veríssimo; renovação pode ocorrer apenas no meio do ano

Ideia da diretoria era lucrar com o zagueiro que se destacou na temporada passada, porém, nada oficial chegou por exigência de valor e renovação não deve acontecer em fevereiro

Lance

Lance

Lance

O Santos viu a janela de transferências fechar e não vendeu Lucas Veríssimo, principal opção para lucrar em meio a dificuldade financeira do clube. Sem propostas oficiais por conta da exigência dos valores do presidente José Carlos Peres, a expectativa é que a venda aconteça no meio do ano.

Atalanta, Mônaco e Milan sondaram o Peixe em janeiro, mas as conversas não evoluíram como o imaginado. A diretoria exigia 10 milhões de euros (cerca de R$ 42 mi), o mesmo que no ano passado, enquanto os interessados ofereciam cerca de oito.

Apesar do futuro não ser um problema para o zagueiro, que se sente à vontade para permanecer no Santos ou atuar na Europa, o clube sondou o jogador no final de 2019 para renovar seu contrato até 2024, porém, Veríssimo preferiu esperar a janela.

Vale lembrar que o camisa 28 foi um dos principais destaques do time de Jorge Sampaoli por sua técnica, agilidade, bom passe e regularidade. O argentino o elogiava com frequência e o utilizou em 39 jogos.

Ainda sem nada concreto, os representantes, junto do jogador, cogitam esperar a janela do meio do ano para analisarem as propostas e recomeçarem uma negociação com a diretoria. Até o momento o vínculo do defensor vai até julho de 2022.