Futebol Ivan revela idolatria por Cássio e explica opção pelo Corinthians: 'Ambição de crescer na carreira'

Ivan revela idolatria por Cássio e explica opção pelo Corinthians: 'Ambição de crescer na carreira'

Apresentado como novo camisa 1 do Timão, o goleiro Ivan falou sobre a concorrência na posição e a felicidade em vestir o manto alvinegro

Lance

Na tarde de sexta-feira (4), o goleiro Ivan foi apresentado como novo reforço do Corinthians. Ele recebeu a camisa 1 das mãos do presidente Duílio Monteiro Alves e do diretor de futebol do clube, Roberto de Andrade.

> GALERIA: Veja técnicos brasileiros que estão sem clube

O goleiro explicou as razões que o levaram a trocar a Ponte Preta, clube que o projetou para o cenário nacional, para o Corinthians, uma das maiores equipes do Brasil.

- O que mais me motivou são os novos desafios. Estava na Ponte Preta, fiz toda a minha base lá praticamente. Em 2018 comecei a jogar de titular. De lá para cá foram bastante jogos. O que mais motivou foi vestir essa camisa do Corinthians, que é gigante. Todo jogador quando começa a jogar futebol, ele tem que almejar coisas grandes na carreira, e comigo não foi diferente. A camisa do Corinthians é muito grande, pesada, é um time que entra em qualquer competição disputando títulos. Então essa ambição de crescer na minha carreira é o que me fez vir para cá - afirmou o novo reforço.

> TABELA - Veja e simule os jogos do Corinthians no Campeonato Paulista

Contudo, o novo camisa 1 não terá vida fácil, já que Cássio é um dos maiores ídolos da história do clube e recentemente renovou o seu contrato por mais duas temporadas. Ainda, ele tem a concorrência de Matheus Donelli, jovem e titular nos últimos dois jogos do Timão no Paulistão.

- Felizmente, ou infelizmente, o goleiro joga um só, mas eu respeito demais todos os goleiros que aqui estão. O Cássio dispensa comentários, é um ídolo do time, uma referência para mim. Tanto o Matheus Donelli, Carlos Miguel e o Guilherme são excelente goleiros. Eu vim aqui para somar, buscar o meu espaço. Por isso vou dar o máximo nos treinamentos , me preparar ao máximo, para quando tiver a oportunidade, estar preparado e ajudar o Corinthians - ponderou.

Apresentação Ivan Corinthians

Apresentação Ivan Corinthians

Lance

Ivan é o novo camisa 1 do Timão (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)


Ivan não se mostrou incomodado com o fato de Cássio ser o titular unânime da posição. Ele disse estar contente com o fato de defender o Timão, e ponderou que no momento certo terá oportunidades para mostrar o seu futebol.

- Vou aproveitar essa oportunidade. Só de estar aqui no Corinthians já é um passo a mais na minha carreira, com todo respeito a Ponte Preta, um clube que me projetou. Vou trabalhar, esperar o meu momento. Cássio é ídolo aqui, tem maior respeito por mim e por todos. No momento certo vou ter a minha oportunidade, na hora certa vou ter a minha sequência - disse.

> GALERIA: Confira técnicos estrangeiros livres no mercado

O arqueiro deixou claro que chegou ao Time do Povo com o intuito de ajudar e aprender, pregou respeito com Cássio e disse que independentemente do clube, o goleiro é sempre um dos mais pressionados.

- A posição de goleiro é sempre um peso, independentemente aonde você está. Só de vestir essa camisa já é uma responsabilidade a mais. Ainda tenho 24 anos, sabemos que carreira de goleiro dá para esticar, se você se cuidar, não tiver lesão grave. Tem muito pela frente, vim para ajudar e aprender. Cássio é referência e liderança aqui dentro, tenho um respeito muito grande por ele. O que eu puder fazer para absolver, vou fazer o máximo para implementar no meu trabalho e crescer - ressaltou.

Ele também reafirmou a fama da Ponte Preta em revelar bons goleiros, como Carlos e Waldir Peres, e revelou que desejar traçar o seu próprio caminho na carreira.

- A Ponte Preta têm essa característica, de revelar grandes jogadores, principalmente goleiros. Sou mais um que está vindo, cada um têm a sua história, o seu momento no futebol. Quero fazer a minha história, respeitando todos que estão aqui. Saber esperar o momento, trabalhar muito, forte, e estar bem preparado.

Por fim, Ivan não escondeu a felicidade em estar em um clube tão bem estruturado como o Corinthians.

- Me sinto muito realizado em estar aqui. É um pouco diferente sim, a gente sabe a diferença dos clubes, mas a Ponte me deu projeção, tenho só gratidão. A estrutura do Corinthians é algo fantástico. É uma experiência legal, vou me adpatando nessa parte, não somente dentro de campo, como essa proporção que tem a torcida - concluiu.

O próximo compromisso do Timão é no domingo (6), às 18h30, contra o Ituano, no Estádio Novelli Júnior, pelo Paulistão.

Últimas