Irmãos Hazard marcam, Bélgica vence Rússia e segue sem perder nas Eliminatórias da Euro 2020

Eden Hazard, com dois gols e Thorgan Hazard, com um gol, foram os principais destaques do time belga neste sábado, durante a vitória frente a Rússia, fora de casa

Lance

Lance

Lance

Em família e 100%. Essa foi a tônica da penúltima partida da Bélgica nas Eliminatórias da Euro. Neste sábado, a seleção belga bateu a Rússia, fora de casa, por 4 a 1, em jogo marcado pela grande atuação dos irmãos Hazard. Eden, autor de dois gols e de uma assistência e Thorgan, autor de outro gol. Lukaku completou o placar para a Bélgica, enquanto Dzhikiya descontou.

DE IRMÃO PARA IRMÃO
Após um início de jogo de poucas chances e muita marcação, a Bélgica achou espaço para abrir o placar da partida. Em contra-ataque aos 20 minutos, Eden Hazard puxou a marcação e soltou para Thorgan Hazard, seu irmão, pela ponta esquerda. O camisa 16 puxou para perna direita e bateu forte, entre a trave e o goleiro, para marcar o primeiro gol belga.

SHOW DE HAZARD
Se o primeiro gol da partida foi marcado por Thorgan Hazard, o segundo gol belga continuou em família. Aos 33 minutos, após cruzamento para área, Lukaku ajeitou para trás de cabeça e Eden Hazard acertou belo chute para dobrar a vantagem da Bélgica.

VIROU PASSEIO
Antes do jogo ir para o intervalo, ainda houve tempo para a Bélgica praticamente liquidar o jogo e garantir a nona vitória em nove jogos nas Eliminatórias da Euro. Em novo contra-ataque, Kevin De Bruyne evoluiu e frente a frente com o goleiro, tocou apenas para o lado e Hazard, com o gol vazio, apenas rolou para anotar o terceiro.

VIROU GOLEADA
Na etapa final, o jogo diminuiu de ritmo, mas a Bélgica ainda marcou o quarto gol para transformar a vitória em goleada fora de casa. Aos 27 minutos, Kevin De Bruyne lançou, Lukaku recebeu, partiu para cima da marcação, cortou para perna esquerda e bateu para o gol, sem chances para o goleiro brasileiro naturalizado russo Guilherme defender.

GOL DE HONRA
Antes do fim, a Rússia ainda conseguiu diminuir o placar e anotou seu gol de honra. Aos 34 minutos, após escanteio cobrado em direção a área belga, Courtois fez bela defesa em cabeçada de Kuzyayev, mas no rebote, Dzhikiya completou para o gol vazio.