Futebol Inter vence Botafogo no RJ e mantém liderança do Brasileirão

Inter vence Botafogo no RJ e mantém liderança do Brasileirão

Time carioca tem dois gols anulados pelo VAR; goleiro chutou monitor após o jogo. Colorado chega aos 15 pontos, com 5 vitórias em 6 jogos

Lance
Internacional ganhou do Botafogo e segue na liderança do Brasileirão

Internacional ganhou do Botafogo e segue na liderança do Brasileirão

Ricardo Moraes/Reuters - 29.08.2020

O Internacional derrotou o Botafogo por 2 a 0, neste sábado (29), no Engenhão (RJ), em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Thiago Galhardo e Boschilia marcaram os gols do time gaúcho.

Com a vitória, a equipe colorada se consolidou na liderança isolada da competição, agora com 15 pontos (cinco vitórias e uma derrota) e tirou a invencibilidade do time alvinegro carioca, que teve dois gols anulados pelo VAR. O Botafogo permanece em 11º lugar na tabela de classificação, com seis pontos.

O jogo

O Internacional começou melhor e logo aos 5 minutos abriu o placar com o artilheiro do Brasileiro: Thiago Galhardo, ex-jogador do Botafogo. Moisés, outro ex-alvinegro, fez um cruzamento na cabeça de Galhardo e o atacante, com muita liberdade, testou firme para colocar o Colorado na frente. O atacante se isolou na artilharia com cinco gols.

O gol sofrido acordou o Botafogo, que finalmente entrou no jogo e conseguiu assustar o Internacional. Ao 14 minutos, em bola alçada na área, Matheus Babi quase aproveitou a sobra e acabou chutando para fora.

Aos 24, Guilherme fez boa jogada na esquerda, mas optou por um chute sem ângulo em vez de um cruzamento e não teve sucesso.

No melhor momento do Alvinegro, o Internacional ampliou. Thiago Galhardo roubou a bola na entrada da área e deixou Boschilia cara a cara com Gatito para fazer 2 a 0 para o Colorado.

O Botafogo conseguia ter a bola, mas tinha dificuldade de transformar sua posse em chances de gol.

Aos 42, o Alvinegro fez boa troca de passes à frente da área adversário e Forster deixou Matheus Babi na boa para finalizar. O atacante chutou com força, no canto, sem chances para Marcelo Lomba.

O VAR foi acionado e apontou um impedimento de Rhuan na origem da jogada, anulando o gol do Glorioso.

VAR salva o Inter

Os times voltaram do intervalo e o Botafogo promoveu mudanças logo no começo do segundo tempo. Autuori lançou Bruno Nazário na equipe e, com 3 minutos em campo, o meia correspondeu.

Cabine do VAR foi chutada pelo goleiro Gatito Fernandez, do Botafogo

Cabine do VAR foi chutada pelo goleiro Gatito Fernandez, do Botafogo

Ricardo Moraes/Reuters - 29.08.2020

Aos 15, Matheus Babi cruzou e Bruno Nazário desviou para marcar. Novamente, o VAR entrou em contato com o árbitro Thiago Duarte Peixoto e apontou uma possível falta na roubada de bola de Babi, no começo da jogada. O árbitro marcou a falta e anulou o gol do Botafogo, mantendo o 2 a 0 no placar.

Após o susto, Eduardo Coudet recuou o time do Internacional, abdicando de jogar com a bola no ataque, sem finalizar em boa parte da segunda etapa. O Botafogo não conseguiu furar o bloqueio do líder do Brasileirão e acabou amargando sua primeira derrota no Campeonato Brasileiro.

Ao final da partida, o goleiro Gatito Fernandez, do Botafogo, chutou o monitor do VAR que fica na beirada do campo, derrubando o equipamento.

Próximos jogos

O Alvinegro volta ao gramados na próxima quarta-feira, diante do Coritiba, às 20h30, no Nilton Santos. No mesmo dia, às 21:30, o Internacional encara o Palmeiras, em São Paulo.

Ficha técnica:

BOTAFOGO 0 X 2 INTERNACIONAL
Data-Hora: 29 de agosto de 2020, às 17h
Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho
Assistentes do VAR: Adriano de Assis Miranda (SP) e Vitor Carmona Metestaine (SP)
Cartões amarelos: Caio Alexandre; Pedro Raul, Matheus Babi (BOT); D'Alessandro (INT)
Gols: Thiago Galhardo 5' 1ºT (0-1); Boschilia 27' 1ºT (0-2);

BOTAFOGO: Gatito Fernandez; Marcelo, Kanu e Rafael Forster (Luiz Otávio 13' 2ºT); Barrandeguy, Caio Alexandre (Bruno Nazário 12' 2ºT), Daniel Barcelos, Rhuan (Cícero 27' 2ºT) e Guilherme; Matheus Babi e Pedro Raúl (Davi Araújo 41' 2ºT). Técnico: Paulo Autuori.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Cuesta, Moisés; Rodrigo Lindoso (Zé Gabriel 39' 2ºT); Edenílson, Boschilia, Patrick (Marcos Guilherme 33' 2ºT); D'Alessandro (Musto 24' 2ºT), Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet.

Últimas