Iniesta não descarta reedição de dupla com Xavi: ‘Não soa mal, mas não é possível agora’

Atuando pelo Vissel Kobe, do Japão, o espanhol diz que pensa em trabalhar como treinador após aposentadoria, mas que ainda está feliz como atleta no Japão

Lance

Lance

Lance

O meio campista Andrés Iniesta disse em entrevista ao programa “El Partidazo de COPE” que tem pensado cada vez mais em seguir carreira como treinador após aposentar e não descartou uma reedição da dupla com Xavi, mas desta vez nos bancos do Barcelona. No entanto, o jogador que atualmente está no Vissel Kobe, do Japão, pensa em continuar se dedicando a vida de atleta.

- A dupla Xavi-Iniesta não soa mal, mas não é possível agora. Gosta de pensar na ideia de ser treinador cada vez que o tempo passa.

O espanhol conquistou recentemente no Japão o título da Copa do Imperador e tem contrato com a atual equipe até janeiro de 2021.

- Eu me encontro bem, com muita vontade e desejo. Este ano aproveitei bastante e creio que minha aposentadoria será vista ano após ano. A vontade de treinar, jogar, me divertir seguem comigo, assim como a motivação. Estou muito bem onde estou e como tudo está acontecendo.

Iniesta, que está de férias em Barcelona, comentou sobre a saída de Ernesto Valverde no dia em que esteve no centro de treinamento para visitar os ex-companheiros. O jogador classificou a demissão de forma negativa por parte da diretoria do clube culé.

- Não foi o melhor dia para ir no treinamento. Eu e Valverde conversamos sobre sua situação e seu momento. A forma como o Barça demitiu Valverde foi feia. Até Bartomeu (presidente do Barcelona) admitiu.

Sobre uma possível ida do amigo Xavi ao time azul e grená, Iniesta vê com bons olhos, assim como também enxerga de forma positiva a chegada de outros ex-companheiros em diversas funções no staff dos catalães.

- Eu gostaria de Xavi em qualquer momento, mas tem que ver como ele se sente. Acredito que mais cedo ou mais tarde ele estará no Barcelona. Creio que algum dia, jogadores como Piqué, Puyol e Xavi devem estar no clube, mas não sei em quais posições.

Andrés Iniesta está com 35 anos e está no futebol japonês desde 2018, após ter vivido todo o seu tempo como jogador no time em que cresceu. O espanhol vem se destacando nas terras nipônicas e em 37 jogos pelo Campeonato Japonês já marcou nove gols e serviu seus companheiros em outras nove oportunidades.