Futebol Hummels reclama após 'dispensa' da seleção alemã: 'Não compreendo'

Hummels reclama após 'dispensa' da seleção alemã: 'Não compreendo'

Além do zagueiro, que foi peça-chave para a seleção alemã ser campeã do mundo em 2014, o atacante Thomas Muller e o zagueiro Jerome Boateng também foram dispensados

Além do zagueiro, que foi peça-chave para a seleção alemã ser campeã do mundo em 2014, o atacante Thomas Muller e o zagueiro Jerome Boateng também foram dispensados

Lance

Lance

Lance

Em meio aos preparativos para a semana decisiva do Bayern de Munique pela Liga dos Campeões, o técnico da seleção alemã, Joachim Löw decidiu anunciar que dispensou Thomas Muller, Mats Hummels e Jerome Boateng das convocações da tetracampeã mundial.

Após a decisão do selecionador alemão, os jogadores vieram a público, por meio de suas redes sociais, para se posicionar e se pronunciar contra a atitude de Löw. Em seu twitter, Hummels, um dos principais nomes do tetracampeonato alemão na Copa de 2014, fez sua declaração sobre a situação.

- Com alguma atraso, eu também gostaria de comentar sobre a decisão do treinador da seleção. Independentemente do que eu acho, é uma decisão esportiva (que, é claro, eu respeito), mas o sentimento que tenho é de incompreensão. Thomas, Jerome e eu demos tudo para a equipe nacional por anos e esta decisão não faz justiça ao que temos conseguido e alcançado, ao meu ver. E isso me deixa muito triste porque eu amei jogar para a Alemanha - disse.


O zagueiro, por fim, agradeceu e fez um balanço de sua passagem com a camisa da Alemanha, onde fez história, vencendo a Copa do Mundo em 2014.

- Foram anos maravilhosos. 70 partidas, muito superior a tudo o que eu já sonhei quando criança e um total de quatro grandes torneios que eu estive participando, principalmente por ganhar a Copa do mundo 2014. Eu carrego este sentimento em mim para sempre e eu teria gostado realmente de ter dado tudo outra vez para repetir este feito - encerrou.