Futebol Histórico de falhas de Hugo Souza no Flamengo volta ao foco e aumenta cenário de pressão

Histórico de falhas de Hugo Souza no Flamengo volta ao foco e aumenta cenário de pressão

Com destaque negativo no gol de Nino Paraíba, que deu números finais ao empate em 2 a 2 com o Ceará, no Castelão, o goleiro seguirá como titular na ausência de Santos, lesionado

Lance
Lance

Lance

Lance

Com o extra-campo conturbado por decisões políticas e a equipe de Paulo Sousa sem entregar desempenho e resultados, o Flamengo vai encarar um cenário de pressão como há tempos não vive na próxima terça, às 21h30 contra a Universidad Católica (CHI), pela Libertadores.

+ Fla em destaque! Quais são as maiores torcidas do Nordeste? Veja o que diz pesquisa

Além da diretoria e do treinador, quem entrará em campo no "olho do furacão" será o goleiro Hugo, que voltou a falhar neste sábado. Por ora, não há movimento para mudanças no comando do time, assim como no gol, devido às recentes lesões de Santos e Diego Alves.

E MAIS: Confira a classificação da chave do Flamengo na Libertadores!

Hugo Souza conquistou a confiança de Paulo Sousa e logo foi alçado ao status de titular, deixando Diego Alves no banco de reservas. Com a chegada de Santos, em abril, a comissão técnica passou a optar por um rodízio, com o ex-Athletico atuando nas Copas e o camisa 45 no Campeonato Brasileiro. Porém, Santos sofreu uma lesão muscular e, agora, Hugo iniciará a partida contra a Universidad Católica, do Chile.

+ Fla na lista! Saiba quais times já aderiram à Libra e quem está na espera

São 20 jogos na temporada de Hugo Souza, que teve atuações contestadas contra o Fluminense, na Taça Guanabara, Atlético-MG, pela Supercopa do Brasil, e Botafogo, pelo Brasileirão, pelas falhas nos gols de Jhon Arias, Nacho Fernández e Erison, respectivamente.

Independente disso, Paulo Sousa e o preparador de goleiros Paulo Grilo sempre demonstraram confiança no jovem goleiro, ainda tratado como um "diamante a ser lapidado". Ciente da qualidade e sucesso de Hugo Souza nas divisões de base do Flamengo e pela Seleção Brasileira, a torcida do Flamengo mostrou-se paciente com a oscilação do atleta, que completou 23 anos em janeiro, até agora.

A oscilação de Hugo debaixo das traves do Flamengo o acompanha desde 2020, ano em que devido ao surto de Covid-19 que atingiu o elenco, foi alçado a titular do time em partida contra o Palmeiras, a qual saiu como destaque do empate em 1 a 1 no Allianz Parque. Ainda naquela temporada, o goleiro aproveitou a ausência de Diego Alves e fez 27 jogos, a maioria sob o comando de Rogério Ceni. Contudo, as falhas contra o São Paulo já acenderam um alerta.

Começou 2021 e, com a chegada de Renato Gaúcho, Hugo Souza perdeu espaço até mesmo para Gabriel Batista, reconquistando seu espaço após na reta final da temporada. Na virada do ano, admitiu que seu comportamento fora de campo acabou o atrapalhando, mostrando maturidade para iniciar 2022 sob nova perspectiva.

Últimas