Goleiro suíço revela detalhes de treinos pós isolamento na Alemanha

Jogador do Borussia Mönchengladbach também conta como foi os bastidores da negociação que definiu o corte de parte dos salários do elenco da sua equipe

Lance

Lance

Lance

Titular da seleção da Suíça, o goleiro Yann Sommer, que defende o Borussia Mönchengladbach (ALE), comentou em entrevista ao jornal Blick sobre os primeiros dias de treinamentos após o fim do isolamento na Alemanha em razão do coronavírus.

- Começamos com uma margem de segurança muito grande, em grupos de dois e três jogadores. Os vestiários são diferentes, há poucos jogadores no estádio ao mesmo tempo, tudo é desinfetado e todos seguem rigorosamente as normas de higiene. Também não comemos juntos após o treinamento e temos tudo pronto para levar conosco - disse o paredão helvético.

Sobre a possibilidade de retomada dos jogos no dia 9 de maio, como espera a federação alemã, Sommer foi cauteloso:

- Não posso julgar isso. Vamos ver o que a liga e o governo decidem.

Ele também falou da atitude dos jogadores do Borussia Mönchengladbach - os primeiros na Alemanha a aceitarem o corte de parte do salário por causa do coronavírus.

- O clube reagiu com responsabilidade e logo começou a conversar com o elenco de forma transparente. Foi possível encontrar uma solução juntos - disse.

O M'Gladbach ocupa a quarta posição do Campeonato Alemão, com 49 pontos. O Bayen de Munique lidera com 55, seguido pelo Borussia Dortmund (51) e RB Leipzig (50).

Sommer tem 31 anos, defendeu o Basel e o Grasshopper em seu país de origem e desde 2014 atua no Borussia Mönchengladbach. Desde 2012 ele joga na seleção da Suíça. Foi reserva na Copa de 2014 e titular em 2018.