Futebol Gerson brinca sobre ser o 'Coringa' e a boa fase do Flamengo: 'São quantos títulos? Estou até meio perdido'

Gerson brinca sobre ser o 'Coringa' e a boa fase do Flamengo: 'São quantos títulos? Estou até meio perdido'

O camisa 8 foi o convidado do Papo Virtual, da FlaTV, desta quarta-feira

Lance
Lance

Lance

Lance

Contratado em julho, Gerson precisou de pouco tempo para cair nas graças da Nação. Com ótimo desempenho, carisma e a participação nos títulos da Copa Libertadores e do Brasileirão de 2019, o camisa 8 comentou o fato de ter sido tornado o "coringa do Flamengo" em sua participação no Papo Virtual, na FlaTV.

Entre vários assuntos, o meia explicou como surgiu o apelido e a sua comemoração do "vapo" - a qual também foi abraçada pela torcida do Fla.

- Não imaginava, mas deu certo. A questão do coringa é que todo final de jogo, depois da partida, os repórteres faziam a mesma pergunta e eu respondia a mesma coisa. Então, depois de um jogo no Maracanã, os repórteres fizeram a mesma pergunta quatro vezes. Eu não aguentei e falei: "Quer saber, pode me chamar de coringa" e saí, mas não sabia que ia dar certo - comentou Gerson.

Na sequência, Gerson respondeu com bom humor se este atual elenco do Flamengo, campeão em 2019 e 2020, é o melhor com o qual trabalhou.

- Quantos títulos são? Estou até meio perdido. É o melhor. São muitos jogadores consagrados, carreiras brilhantes, e o elenco fora de campo é sensacional. Por isso que em campo é um correndo e ajudando o outro. Um dá a vida pelo outro. Temos que sempre estar com os pés nos chãos. Deixa os outros falarem por nós. Temos que falar dentro de campo - brincou o meia.

Confira outras respostas do meia Gerson, o camisa 8 do Flamengo:

Perfil fora de campo
Mais discreto, uso as redes sociais mas não sou de mostrar muito as coisas que faço. Acho que tenho que mostrar mais. A torcida do Flamengo é muito grande, gostam de mim, e até meus amigos mesmo. Me pedem para aparecer mais. Vou procurar melhorar nesta parte.

Papéis do Miste e Braz nas negociações
O Mister me ligou quando eu estava de férias no Brasil. Disse que contava comigo, me deu todo apoio. Minha vontade sempre foi esse, fiquei desesperado para vir. Depois encontrei com o Marcos e ele deixou bem claro que eu tinha que deixar claro que eu queria jogar no Flamengo. Ele me disse que só viajava para acertar com o jogador: "Se eu for na Itália, eu só volto com você". O Mister é um paizão de todo elenco. Só tenho a agradecer a ele por tudo que estou vivendo.

Nova comemoração
Não se mexe no time em que está ganhando. O coringa não vai mudar. Já não é fácil fazer gol, mas quando eu fizer meus golzinhos... É vapo.

Amizade com Reinier
Nosso miúdo. A gente morava muito próximo aqui no condomínio. Construímos um ele muito forte. Joga muito, sou fã, mas o moleque como pessoa era demais. Estávamos sempre juntos. Teve que ir embora, fico triste por isso, mas feliz pelo sucesso, mais uma etapa e um sonho realizado dele. Espero que dê tudo certo para ele. Que ele chegue no topo do topo.

Últimas