Futebol Gerente de Futebol do Corinthians elogia Luan e diz: 'Cabe entendermos como ele entregará o que esperamos'

Gerente de Futebol do Corinthians elogia Luan e diz: 'Cabe entendermos como ele entregará o que esperamos'

Alessandro Nunes afirmou que dificilmente há no mercado um meia-atacante tão qualificado como o camisa 7 corintiano

Lance
Lance

Lance

Lance

Mesmo longe de desempenhar o futebol ideal desde que chegou ao Corinthians, no início do ano passado, o meia Luan foi elogiado pelo gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes.

Em entrevista coletiva virtual concedida ao lado do diretor de futebol corintiano, Roberto de Andrade, nesta sexta-feira (9), Alessandro destacou a competência técnica do camisa 7.

>> Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos

- É um cara muito competente, se fôssemos atrás de um meia-atacante talvez não encontraríamos um com a qualidade que ele tem. Cabe aqui dentro a gente entender como ele pode dar a entrega que estamos esperando. É um atleta competente, atento aos seus horários, não fica fora por lesões, é algo que está num trecho final de atuação - disse o dirigente, que é ex-jogador do Timão, inclusive sendo o capitão das conquistas da Libertadores e Mundial Interclubes, em 2012.

A expectativa criada na contratação de Luan, em 2020, foi muito grande. Embora o jogador tivesse chego ao Corinthians após duas temporadas de baixa pelo Grêmio, ele possui o histórico de craque da conquista da Libertadores pelo time gaúcho, em 2017, e medalhista de ouro olímpico pela Seleção Brasileira, como titular, em 2016.

Contudo, pelo Timão o meia-atacante não conseguiu retomar o bom futebol um dia vivenciado, e Alessandro transmitiu ao Departamento de Futebol corintiano parte da responsabilidade pela não evolução do atleta.

- O que poderíamos neste momento de reconstrução? Temos atletas subindo. Num momento mais adequado, Luan ainda pode nos ajudar. O departamento de futebol tem de entender cada profissional em seu dia a dia. Precisamos ser muito mais criativo no dia de hoje. Todo mundo tem responsabilidade e grande para ficarmos apontando o dedo sempre para o mesmo lugar. "O problema é o Luan, o problema é o dinheiro". Os problemas são vários. Todo mundo sabe quem está jogando bem e mal, mas o que nós precisamos fazer é um trabalho qualificado dentro do futebol - comentou o gerente.

Contando os jogos da Flórida Cup, torneio de pré-temporada que o Timão disputou no início do ano passado, Luan tem 45 jogos pelo time do Parque São Jorge, sendo 33 como titular, com sete gols marcados.

Nesta temporada foram três jogos, dois iniciando em campo, mas os três últimos sem ao menos sair do banco de reservas.

Em balanço financeiro recentemente divulgado pelo Corinthians, está registrado que o clube investiu R$ 28,9 milhões para adquirir 50% do jogador.

Últimas