Futebol Gabriel, do Corinthians, diz que derrota para o Atlético-GO é 'difícil de digerir', mas não joga a toalha

Gabriel, do Corinthians, diz que derrota para o Atlético-GO é 'difícil de digerir', mas não joga a toalha

Após revés por 2 a 0, em casa, pelo primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil, volante corintiano afirma que 'não acabou a competição'. Equipes se reencontram na próxima semana, pelo confronto de volta

Lance
Lance

Lance

Lance

O volante Gabriel reconheceu que o Corinthians precisa melhorar, após o time perder por 2 a 0 para o Atlético-GO, na Neo Química Arena, nesta quarta-feira (2), pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Ainda assim, o corintiano não jogou a toalha, já que na próxima semana os times voltam a se enfrentar, pelo jogo de volta, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos
>> Baixe o novo app de resultados do LANCE!

– Não jogamos bem, a gente sabe que tem que melhor muito, não podemos aceitar isso, porque se trata de Corinthians e temos que sempre jogar para ganhar e conquistar os objetivos. Não acabou a competição, tem jogo semana que vem, resultado difícil de digerir, mas não tá acabado, se tratando a história do Corinthians. Temos que melhorar, buscar treinar mais, ver o que erramos, e na semana que vem virar essa situação e avançar para a próxima fase – disse o atleta na saída de campo.

O jogo desta noite foi a segunda vez consecutiva que as duas equipes se enfrentaram. No último domingo (30), o Dragão já havia vencido a equipe do Parque São Jorge, em Itaquera, por 1 a 0, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, partida que marcou a estreia de Sylvinho no comando técnico corintiano.

No duelo pelo Brasileiro, Gabriel ficou fora, por conta de um problema na coxa, já no compromisso pela Copa do Brasil começou no banco de reservas e entrou no decorrer da partida.

Últimas