Futebol Fluminense teve sete desfalques por lesão desde a volta dos jogos no Rio

Fluminense teve sete desfalques por lesão desde a volta dos jogos no Rio

Clube insistiu pelo maior tempo de preparação antes da retomada das atividades, mas acabou enfrentando uma maratona após voltar aos treinos presenciais

Lance
Lance

Lance

Lance

Pouco antes do retorno do Campeonato Carioca, os jogadores do Fluminense publicaram um manifesto repudiando a decisão de voltar com o futebol no Rio de Janeiro. Além de citar o número elevado de mortes diárias causadas pela Covid-19, o elenco também criticou o pouco tempo de preparação, que poderia acarretar em lesões. Desde o retorno aos campos, foram sete novos jogadores machucados, além de Nenê e Wellington Silva que testaram positivo para o novo coronavírus.

Para o segundo amistoso contra a equipe Alvinegra, no sábado, às 17h, no Nilton Santos, o técnico Odair Hellmann deverá ter Gilberto e Wellington Silva de volta. Matheus Ferraz, Fred, Igor Julião e Fernando Pacheco devem seguir fora. Em comparação com as outras equipes do Rio de Janeiro, o Flamengo perdeu apenas Rafinha e Filipe Luís. O Botafogo não teve novos lesionados, apenas Luis Henrique, que testou positivo para Covid-19. No Vasco foram pelo menos três.

Somado a isso, Egídio e Matheus Ferraz também foram desfalques por suspensão, cada um em um jogo. Na reestreia, contra o Volta Redonda, Nenê ficou fora após ter contraído Covid-19. O atacante Wellington Silva também não foi relacionado pois, naquela ocasião, ele teve contato com um parente contaminado.

O lateral Igor Julião foi desfalque a partir da semifinal contra o Botafogo após lesão no músculo adutor da coxa direita. Na final da Taça Rio, Paulo Henrique Ganso, com lombalgia, e Fred, na ocasião com dores no pé, não jogaram. O camisa 9 ainda não retornou pois precisou passar por cirurgia no olho.

No primeiro jogo da final do Carioca, o novo desfalque foi o zagueiro Nino. Ele teve uma entorse no joelho esquerdo. No amistoso contra o Botafogo, Julião e Fred continuaram fora. Matheus Ferraz, com lesão no músculo anterior da coxa esquerda, e Gilberto, poupado após sentir na final contra o Flamengo, seguiram fora. O atacante Fernando Pacheco também não participou por uma entorse no tornozelo direito. Vale lembrar que o zagueiro Frazan é desfalque desde o início do ano pois passou por cirurgia no joelho direito.

Antes da decisão sobre a volta dos jogos, o diretor do departamento médico do Fluminense, Douglas Santos, já havia alertado sobre a necessidade de pelo menos 15 dias como uma nova pré-temporada. O Flu teve nove dias do momento em que retornou ao CT Carlos Castilho em 19 de junho e estreou, no dia 28. A última semana foi a primeira completa de trabalho para Odair.

Veja os desfalques a cada partida:

Fluminense x Volta Redonda: Nenê (Covid-19), Wellington Silva (contato com pessoa com Covid-19) e Frazan (lesionado)

Macaé x Fluminense: Egídio (suspenso) e Frazan (lesionado)

Fluminense x Botafogo: Matheus Ferraz (suspenso), Igor Julião e Frazan (lesionados)

Fluminense x Flamengo (Taça Rio): Fred, Ganso, Igor Julião e Frazan (lesionados)

Fluminense x Flamengo (1º jogo do Carioca): Nino, Fred, Ganso, Igor Julião, Frazan (lesionados) e Wellington Silva (Covid-19)

Flamengo x Fluminense (2º jogo do Carioca): Fred, Igor Julião, Frazan (lesionados) e Wellington Silva (Covid-19)

Fluminense x Botafogo: Fred, Frazan, Gilberto, Igor Julião, Fernando Pacheco e Matheus Ferraz (lesionados)

Últimas