Futebol Fluminense é o 2º brasileiro a vencer Boca na Bombonera e River no Monumental pela Libertadores

Fluminense é o 2º brasileiro a vencer Boca na Bombonera e River no Monumental pela Libertadores

Feito histórico foi alcançado após a vitória épica em cima do River Plate nesta terça-feira, por 3 a 1, que garantiu o primeiro lugar do Grupo D e a ida às oitavas da Libertadores

Lance
Lance

Lance

Lance

E o Fluzão fez história! Após vencer o River Plate nesta terça-feira, por 3 a 1, fora de casa, o Tricolor se tornou o segundo clube brasileiro a vencer os Millonarios no Estádio Monumental de Nuñez e o Boca Juniors na La Bombonera, pela principal competição do continente. Além disso, Roger Machado foi o primeiro treinador a conseguir tal fato. De quebra, com os três pontos conquistados, o Fluminense garantiu o primeiro lugar no Grupo D e, assim, se classificou às oitavas da Libertadores.

> Veja como ficou o grupo do Flu na Libertadores


Além do Tricolor, apenas o Cruzeiro conseguiu o feito. O Palmeiras superou o Boca em sua casa e derrotou o River na Argentina, na semifinal da última edição da Libertadores, mas a partida aconteceu em Avellaneda. O São Paulo, por sua vez, também derrotou os argentinos em suas respectivas casas, mas o triunfo sobre o Boca Juniors foi válido pela Supercopa de 1995.

A histórica vitória do Fluminense sobre o Boca Juniors na Bombonera aconteceu no dia 7 de março de 2012. Os craques Fred e Deco marcaram no triunfo por 2 a 1 do time comandado pelo técnico Abel Braga, que encerrou uma invencibilidade de 36 jogos do time xeneize.

Agora, o Fluminense aguarda a definição de seu adversário nas oitavas de final da Libertadores, que será definido através de um sorteio. O confronto será, necessariamente, diante de um time que terminar a fase de grupos no segundo lugar de sua chave.

Com a pausa na competição, o Tricolor volta todas as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Isso porque, a equipe de Roger Machado estreia neste sábado na competição, às 21h (de Brasília), contra o São Paulo, no Morumbi.

Últimas