Futebol Fluminense consegue liberação para avião fretado ir ao Equador e evita escala na Colômbia

Fluminense consegue liberação para avião fretado ir ao Equador e evita escala na Colômbia

Tricolor não precisará retornar a Barranquilla antes de voltar ao Rio de Janeiro e diminui desgaste da maratona fora de casa na Libertadores

Lance
Lance

Lance

Lance

O Fluminense não precisará retornar à Colômbia antes de voltar ao Brasil. O clube recebeu a boa notícia antes de entrar em campo para a partida contra o Junior Barranquilla (COL), nesta quinta-feira, no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil, no Equador. A diretoria conseguiu que o avião da Gol fretado pelo clube fosse buscar a delegação no país vizinho, evitando a volta a Barranquilla após o jogo.

Veja como está a tabela da Libertadores

O avião contratado para fazer o trajeto Rio de Janeiro - Barranquilla - Rio havia ficado "preso" na Colômbia por questões burocráticas, mas foi autorizado a buscar a delegação. A previsão anterior era de chegar só às 14h de sexta-feira, mas com a nova organização o elenco terá mais algumas horas de descanso.

Assim como na última semana, o Fluminense voltou a sofrer e precisou mudar a logística da viagem a Colômbia de última hora. Protestos no país fizeram com que a partida fosse transferida para o Equador. As duas delegações chegaram ao novo local apenas na noite da última quarta-feira.

O Flu se reapresenta já neste sábado para o primeiro e último treinamento visando a semifinal do Campeonato Carioca no domingo, contra a Portuguesa, às 16h, no Maracanã. No primeiro jogo, no Luso-Brasileiro, as equipes empataram em 1 a 1. Em caso de nova igualdade, o Tricolor se classifica para enfrentar o vencedor de Volta Redonda e Flamengo na final.

Últimas