Futebol Fluminense apresenta proposta de pagamento de dívidas trabalhistas aos credores

Fluminense apresenta proposta de pagamento de dívidas trabalhistas aos credores

Clube apresentou propostas dentro do Regime Centralizado de Execuções e irá depositar um valor mensal para o pagamento, que deve sanar um terço das dívidas

Lance
Lance

Lance

Lance

Em ritmo de reconstrução financeira, o Fluminense deu início ao plano de pagamento das dívidas trabalhistas no Regime Centralizado de Execuções (RCE). Nesta semana, o clube procurou os advogados dos credores para apresentar o planejamento e ouvir sugestões, que serão ajustadas à realidade da instituição. Assim, o clube efetuará pagamentos mensais e também um valor fixo anual. A inciativa será protocolada hoje no Poder Judiciário e deve sanar um terço dos passivos da instituição quando for concluída.

- É um trabalho pioneiro do Fluminense. Há tempos nós vínhamos planejando com as equipes jurídica e financeira um programa que atendesse à realidade do clube e satisfizesse os credores. Preparamos o clube para este momento. Exigirá esforço, mas será cumprido com segurança e pontualidade. Na busca pelo consenso, optamos pelo caminho de chamar os credores para que eles tivessem ciência detalhada do que está sendo proposto e para que tivessem certeza de que o Fluminense honrará com os pagamentos propostos - disse Mário Bittencourt, presidente do Flu.

Além da centralização de execuções, o Fluminense também está em vias de regularizar o FGTS e demais tributos. No início de 2019, o clube foi excluído do parcelamento do fundo de garantia.

- O equacionamento do passivo é fundamental para a reestruturação do clube. Esse foi um trabalho multidisciplinar. Nossa preocupação era a de criar as condições para que todos sentissem segurança de que faremos cumprir a nossa parte - disse Heraldo Iunes, vice-presidente de Interesses Legais.

Últimas