Futebol Flamengo inicia nova temporada com apenas quatro jogadores da vitoriosa geração de 2019

Flamengo inicia nova temporada com apenas quatro jogadores da vitoriosa geração de 2019

Time estrelado se desfez, e menos da metade da consagrada equipe de Jorge Jesus permaneceu no Rubro-Negro

Lance
Flamengo ganhou a Libertadores na primeira final única da copa

Flamengo ganhou a Libertadores na primeira final única da copa

Lance! Galerias

Sem acordo com o Flamengo para renovação, Everton Ribeiro encerrou a passagem de sete anos pelo clube carioca e já tem novo destino traçado: o Bahia. De malas prontas, o ex-capitão é mais uma estrela do time de 2019 a deixar o Rubro-Negro, que tem apenas quatro remanescentes da geração que conquistou o campeonato Carioca, Libertadores e Brasileirão.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

A vitoriosa geração de 2019 é a segunda mais relevante do Flamengo, atrás apenas da histórica seleção de 81, com Zico e companhia. E do '11 ideal' do Rubro-Negro no ano mágico, só quatro jogadores permanecerão em 2024 no elenco: Arrascaeta, Bruno Henrique, Gabigol e Gerson.

Relembre os ex-jogadores do time mágico comandado por Jorge Jesus e saiba a situação de cada atleta.

Diego Alves: está sem clube. Quando deixou o Flamengo, foi para o Celta de Vigo, da Espanha, onde ficou pelo primeiro semestre de 2023, mas sequer estreou - devido a uma grave lesão no joelho.

Rafinha: São Paulo. Deixou o Flamengo em meados de 2020, para assinar com o Olympiacos, da Grécia. Em 23, voltou ao Brasil, teve passagem pelo Grêmio e, desde 2022, defende o Tricolor Paulista.

Rodrigo Caio: sem clube. Zagueiro se despediu do Flamengo no fim da temporada 2023 e está livre no mercado em busca de novas oportunidades.

Pablo Marí: Monza (ITA). Deixou o Fla logo após ser campeão de tudo em 2019, e foi vendido ao Arsenal. Em 2022, foi emprestado para a Udinese, da Itália, e na sequência, comprado pelo Monza, onde está atualmente.

Filipe Luís: aposentado. Lateral-esquerdo pendurou as chuteiras no final da temporada 2023.

Arão: Panathinaikos (GRE). O volante deixou o Flamengo em 2022, quando foi vendido ao Fenerbahçe, da Turquia. Em 2023, se transferiu para o atual clube.

Everton Ribeiro: Bahia. O meio-campista não chegou a um acordo com o Flamengo por renovação, e viu seu contrato se encerrar em 31 de dezembro. Vai reforçar o Tricolor de Aço na próxima temporada.

César: Boavista (POR). Deixou o Flamengo em 2022, quando foi para o Bahia, mas no segundo semestre do mesmo ano, se transferiu para o atual clube. Sofreu lesão no joelho e ficou afastado dos gramados, mas voltará a atuar em 2024.

Rodinei: Olympiacos (GRE). Depois de se destacar pelo Flamengo nas conquistas da Libertadores e Copa do Brasil de 2022, se trasnferiu para o clube grego, onde está até hoje.

Rhodolfo: aposentado. Após passagem pelo Flamengo, defendeu Coritiba e Cruzeiro. A Raposa, que defendeu em 2021, foi seu último clube.

Thuler: Vissel Kobe (JAP). Saiu do Flamengo em 2020, emprestado ao Montpellier, da França. Em 22, foi vendido para o atual clube.

Renê: Internacional. Está no Colorado desde 2022, quando deixou o Flamengo.

Vinicius Souza: Sheffield United (ING). Deixou o Flamengo em 2020, vendido para o Grupo City. Acumula passagens por Lommel e Mechelen, da Bélgica, Espanyol, da Espanha, e hoje está no time inglês.

Piris da Motta: Cerro Porteño (PAR). Entre os anos de 2020 e 2021, foi emprestado ao Gençlerbirligi, da Turquia. Em 22, vendido ao Cerro, onde permanece até hoje.

Diego Ribas: aposentado. Pendurou as chuteiras em 2022.

Vitinho: Al-Ettifaq (ARA). Saiu do Flamengo em 2022 e está na equipe saudita até hoje.

Reinier: Frosinone (ITA). Deixou o Fla em 2020, quando foi vendido ao Real Madrid. Sem espaço no clube espanhol, acumula passagens por Borussia Dortmund, da Alemanha, e Girona, da Espanha.

Quanto os times brasileiros que se destacaram no ano arrecadaram em premiações em 2023?

Últimas