Flamengo fecha parceria com clubes de futsal do Rio por novos talentos

'Com esse projeto, queremos ajudar o futsal e os clubes de bairro do Rio, e levar o nosso conhecimento', disse o vice-presidente de futebol de base do Rubro-Negro, Vitor Zanelli

Lance

Lance

Lance

Na última semana, o Flamengo fechou uma parceria com Fonseca (Niterói), Grau 10 (Zona Norte), Jacarepaguá TC, Palmeira (Petrópolis) e Recreativo Caxiense (Duque de Caxias) para captação e desenvolvimento de atletas. A partir de agora, os cinco clubes de futsal serão satélites do Rubro-Negro. O acordo foi oficializado com a presença do vice-presidente de futebol de base do clube da Gávea, Vitor Zanelli, e os representantes de cada instituição.

A escolha por regiões distintas do Rio de Janeiro é, justamente, para ter uma amplitude maior na busca por jogadores. Durante o mês, observadores do Flamengo farão visitas mensais e irão assistir os jogos das equipes. Cabe destacar que os profissionais das agremiações também poderão acompanhar os treinos na Gávea. A ideia é acompanhar de perto o crescimento dos meninos. O Rubro-Negro sempre terá o primeiro direito de escolha.

- O nosso objetivo é, cada vez mais, ampliar nossa frente de trabalho. Com esse projeto, queremos ajudar o futsal e os clubes de bairro do Rio, e levar o nosso conhecimento. É o início de uma parceria e a gente espera poder abraçar mais equipes no futuro. Pretendemos descobrir jogadores e preparar. Vamos ajudar na capacitação dos cinco times e buscar elevar o nível da modalidade - afirmou Zanelli.

- Como visão estratégica do departamento de captação, entendemos ser importante estar cada vez mais próximo de regiões que surgem novos talentos tradicionalmente. Com isso, o projeto de clubes satélites vem para aproximar clubes de futsal que estejam atuando no campeonato da federação e o Flamengo. Estaremos acompanhando, com nossos observadores, os cinco parceiros em treinos e jogos. Procuramos definir locais estratégicos para aumentarmos nosso alcance na descoberta de novos talentos - explicou Luiz Carlos Junior, coordenador de Captação do Futebol de Base do Flamengo.