Futebol Final é logo ali! Palmeiras nunca perdeu para argentinos no Allianz

Final é logo ali! Palmeiras nunca perdeu para argentinos no Allianz

Em sete confrontos diante dos 'hermanos' na nova casa alviverde, foram cinco vitórias e dois empates. Duelo com River é nessa terça

Lance
Raphael Veiga brilhou durante vitória do Palmeiras sobre rival argentino

Raphael Veiga brilhou durante vitória do Palmeiras sobre rival argentino

Lance

O Palmeiras recebe o River Plate no Allianz Parque na noite desta próxima terça-feira (12) para um dos jogos mais importantes do clube no seu novo estádio. E se depender do retrospecto diante dos argentinos dentro de casa, o torcedor alviverde pode ficar ainda mais confiante para a vaga na grande final da Libertadores 2020.

Desde que o estádio foi inaugurado, em novembro de 2014, o Verdão atuou sete vezes contra times argentinos. Foram cinco vitórias e dois empates, o que resulta em um aproveitamento de um pouco mais de 80%.

O primeiro duelo diante de um clube argentino no Allianz Parque aconteceu em 2016. Pela fase de grupos da Copa Libertadores, o Verdão bateu o Rosario Central por 2 a 0, em uma das maiores atuações de Fernando Prass com a camisa do clube.

Já em 2017, também pela fase de grupos, o Palmeiras venceu o Atlético Tucumán por 3 a 1, no jogo em que Zé Roberto entrou para a história como jogador mais velho a marcar na Libertadores.

Em 2018, dois empates diante do Boca Juniors, um pela fase de grupos por 1 a 1, e o outro pela semifinal, no resultado de 2 a 2 que acabou eliminando o time de Luiz Felipe Scolari do torneio.

Já na temporada passada, dois duelos diante de argentinos. Vitória magra por 1 a 0 sobre o San Lorenzo, pela última rodada da fase de grupos, e goleada por 4 a 0 sobre o Godoy Cruz, já pelo confronto de volta das oitavas de final.

Nesta atual edição, na estratégia do "Cebolismo", o Palmeiras goleou o Tigre por 5 a 0, no jogo que marcou a última rodada da fase de grupos da competição.

Lembrando que apesar do bom retrospecto jogar a favor, o Palmeiras ainda pode perder por até dois gols de diferença para o River Plate, que mesmo assim se classifica para a grande final da Libertadores, que será disputada no dia 30 de janeiro, no Maracanã.

Inter chega a quase 20% de chance de título: as contas do Brasileirão

Últimas