Futebol Fim de um era: Vladimir rescinde com o Santos após 14 anos

Fim de um era: Vladimir rescinde com o Santos após 14 anos

Goleiro deixa o Peixe como um dos jogadores mais vitoriosos após a Era Pelé

Lance
Lance

Lance

Lance

O Santos rescindiu o contrato do goleiro Vladmir em comum acordo entre os representante do jogador e executivos do Departamento de Futebol do clube no final da tarde desta segunda-feira, após reunião realizada no CT Rei Pelé e referendada pelo Comitê Gestor no período da noite. O vínculo dele com o Peixe iria até 31 de dezembro de 2021.

- O Vladimir sempre foi muito feliz no Santos. Tem um grande amor pelo clube e pela Cidade, mas achou que era o momento de seguir novos rumos em sua carreira. O Santos entendeu a decisão do atleta e chegamos a um acordo que foi bom para todas as partes envolvidas - declarou Beto Lopes, diretor da BL Sports, empresa que gerencia a carreira do goleiro.

Sobre o futuro do profissional do jogador, o empresário acredita que uma definição deve acontecer muito em breve. Vladmir foi emprestado ao Avaí em 2019 e se destacou, em março deste ano o clube chegou a negociar a contratação do goleiro por outro empréstimo. O Grêmio também procurou entender a situação do atleta no clube.

- O Vlad é experiente, mas ainda jovem para um goleiro, vai fazer 32 anos no mês que vem. Tem bastante mercado no Brasil e no exterior. Nos próximos dias já saberemos onde ele irá seguir sua carreira - acrescentou.

Baiano de Ipiaú, Vladimir chegou ao Santos em 2007 e foi promovido ao elenco principal dois anos depois. Ao lado do ex-lateral Léo, o goleiro é o atleta com mais títulos conquistados com a camisa do Peixe após a chamada Era Pelé, encerrada em 1974. Ele estava no elenco campeão da Copa do Brasil de 2010, da Libertadores de 2011 e da Recopa Sul-Americana de 2012, além de cinco edições do Campeonato Paulista: 2010, 2011, 2012, 2015 e 2016.

- Foram 14 anos na Vila Belmiro e no CT Rei Pelé. O Santos faz parte da minha vida e da minha família. Só tenho a agradecer ao clube por tudo o que conquistei na minha carreira e à torcida pelo carinho com que fui tratado em todo esse tempo. Vou seguir a minha carreira e buscar meus objetivos, mas o meu coração sempre terá um lugar especial para o Alvinegro - afirmou o ex-goleiro santista.

Últimas