Fifa anuncia doação para a Organização Mundial da Saúde

Entidade máxima do futebol soltou uma nota e comunicou que dará cerca de R$ 50 milhões para o combate à pandemia de coronavírus no mundo

Lance

Lance

Lance

Em meio à pandemia do coronavírus, a Fifa anunciou uma ajuda à Organização Mundial da Saúde. Em nota, Gianni Infantino disse que doará cerca de R$ 50 milhões para a entidade e que irá avaliar a possibilidade de estabelecer um fundo de assistência global para o futebol de forma a ajudar profissionais afetados pela crise.

"A FIFA manterá contato regular com todos os membros da comunidade do futebol durante este período difícil. Como afirmei ontem, circunstâncias desafiadoras oferecem oportunidades para as pessoas se unirem, mostrarem o que podem fazer em espírito coletivo e emergirem mais fortes e melhor preparadas para o futuro. E é isso que a FIFA pretende fazer aqui", comunicou.

"Por fim, não é preciso dizer que a FIFA manterá contato regular com todos os membros da comunidade de futebol durante este período difícil. Como afirmei ontem, circunstâncias desafiadoras oferecem a oportunidade para as pessoas se unirem, mostrarem o que podem fazer em espírito coletivo e emergirem mais fortes e melhor preparadas para o futuro. E é isso que a FIFA pretende fazer aqui", finalizou Infantino.