Futebol Fernando Lázaro explica esquema do Corinthians contra o Mirassol: 'Ideia é não abrir mão da velocidade'

Fernando Lázaro explica esquema do Corinthians contra o Mirassol: 'Ideia é não abrir mão da velocidade'

O Timão ganhou mobilidade e qualidade no passe sem um centroavante de área, e o esquema tático foi fundamental na vitória por 2 a 1

Lance
Lance

Lance

Lance

Em uma de suas melhores apresentações até o momento, o Corinthians venceu o Mirassol por 2 a 1 no Paulistão. O caminho da vitória passou diretamente pela estratégia implementada pelo técnico interino Fernando Lázaro, que abriu mão de um centroavante menos móvel e povoou o meio-campo.

> GALERIA - Renato Augusto comanda vitória do Corinthians; veja notas

Lázaro explicou a ideia por trás do esquema, afirmando que mesmo com mais meio-campistas, a equipe tinha velocidade e espaço para realizar infiltrações pelo lado do campo.

- A ideia não é abrir mão da velocidade, tínhamos velocidade também. O Róger atuando por dentro é um jogador que é veloz, ataca profundidade. O Mantuan é veloz. Temos outro jogadores que atacam espaço, como o Paulinho. Inclusive a passagem do Fagner em alguns momentos. Com o Giuliano pelo lado, flutuando bastante, indo para o meio-campo. É uma função que ele já exerceu, criando uma superioridade para dar uma opção a mais e qualidade na posse de bola, e um segundo momento atacar o espaço - ponderou o treinador.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Paulistão

Sob o seu comando, o Timão marcou cinco gols em dois jogos. O interino acredita que o crescimento na parte ofensiva está diretamente relacionado com a melhora física dos atletas.

- É uma etapa deste processo. Início de ano, os atletas atingindo melhor condição. Muitos passando a entrar por chegarem nessa melhor condição física, suportar os jogos. São atletas de altíssimo nível. Acredito ser uma questão natural dessa evolução, conseguirem se impor melhor nos jogos - afirmou.

Perguntado sobre deixar alguma marca autoral até o clube anunciar o novo treinador, Lázaro despistou sobre o tema, e preferiu valorizar a vitória contra um adversário que até então estava invicto na competição.

- As substituições partiram muito da estratégia, um adversário difícil. Valoriza ainda mais nossa vitória. Entendemos que o Mantuan pelo lado conseguiria atuar bem e entregar o que precisávamos. O Roger por dentro também. - concluiu.

O próximo desafio do Corinthians no Paulistão é na quarta-feira (17), contra o São Bernardo, às 21h30, na Neo Química Arena.

Últimas