Federação Inglesa acusa Bernardo Silva de racismo e conduta ofensiva

O jogador tem até o dia 9 de outubro para se defender da acusação. O meia é acusado por conta de atitude polêmica em relação ao companheiro de equipe, Benjamim Mendy

Lance

Lance

Lance

A Federação Inglesa de Futebol acusou formalmente o meia Bernardo Silva de conduta imprópria e ofensiva, por conta de atitudes racistas contra o lateral Benjamin Mendy, também do Manchester City. O jogador tem até o dia 9 de outubro para apresentar sua defesa e responder as acusações de racismo.

RACISMO
Bernardo Silva postou em seu Instagram uma foto de Mendy com uma camisa preta e escreveu que acabava de ver "um campeão do mundo completamente nu". Depois, postou uma foto de um boneco da marca de chocolates 'Conguitos' e fez referência ao companheiro de equipe. Mendy chegou a levar na brincadeira.

ACUSAÇÕES
De acordo com a entidade, Bernardo Silva "viola de forma agravante" a regra E3(2) da Federação, tendo em vista que incluir "referência, expressa ou implícita, à raça, cor e/ou origem étnica". Caso a atitude tivesse sido feita dentro de campo, Bernardo poderia ter uma suspensão de até seis jogos.

PANORAMA
Bernardo Silva é um dos principais jogadores do elenco do City. Na atual temporada, marcou quatro gols e concedeu uma assistência em nove jogos. Mendy só participou de três partidas em 2019/20, pois se lesionou e perdeu boa parte dos jogos.