Ex-dirigente revela que Kroos esteve perto de acertar com Werder Bremen

Meio-campista é torcedor do time alviverde, mas já estava apalavrado com o Bayern de Munique. Clube de coração acabou contratando Félix Kroos, irmão do atleta do Real Madrid

Lance

Lance

Lance

O ex-dirigente de futebol do Werder Bremen, Klaus Allofs, foi responsável por montar o time campeão do Campeonato Alemão em 2003/2004 com Diego, Micoud e Pizarro. No entanto, o alemão lembra que, após este período, o clube esteve perto de contratar Toni Kroos, craque do Real Madrid, mas torcedor declarado do time alviverde de seu país natal. A entrevista foi dada para podcast Phrasenmäher, do diário “Bild”.

- Nós amamos Toni (kroos), mas no final tivemos que ficar satisfeitos com seu irmão, Félix. Tentamos, mas não havia como. Ele já tinha dado a palavra ao Bayern.

Kroos esteve nas categorias de base do Hansa Rostock de 2002 até 2006. Aos 16 anos, o meio-campista se transferiu para a fábrica de jogadores do Bayern de Munique, onde se destacou, foi campeão, convocado para seleção até sua saída em 2014.

Allofs não abriu mão do jogador e continuou tentando sua contratação mesmo quando o atleta vestiu a camisa da equipe bávara. Ele deixou claro que o Werder Bremen sempre estaria de portas abertas caso seu primeiro ano na equipe de Munique não fosse como o esperado.

- É um grande fã do Bremen, especialmente de Micoud. Esperávamos que as coisas pudessem dar errado no Bayern e, nesse caso, ele aceitariam nossa oferta. Mão não foi o que aconteceu - concluiu.

Kroos foi emprestado ao Bayer Leverkusen antes de assumir estar junto do time principal do gigante alemão a partir de 2010. Com a camisa dos bávaros, o meio-campista conquistou todos os títulos que disputou e foi transferido para o Real Madrid após conquistar a Copa do Mundo no Brasil.