Estádio do Borussia Dortmund vira hospital de campanha na luta contra a COVID-19

Maior estádio da Alemanha, Signal Iduna Park se transformará em centro para ajudar pessoas que apresentarem sintomas do vírus que matou mais de mil pessoas no país

Lance

Lance

Lance

Mais um clube se uniu à campanha contra o novo coronavírus. Nesta sexta-feira, o Borussia Dortmund anunciou que seu estádio, o Signal Iduna Park, se tornará um hospital de campanha para o tratamento de pacientes infectados pela pandemia.

Segundo informou o clube aurinegro em seu site oficial, a arquibancada norte, famosa pelas festas da "Muralha Amarela", estará à disposição das autoridades de saúde para atendimento de casos suspeitos e de pacientes que apresentarem os sintomas da doença.

- Nossa casa, nosso estádio, é o orgulho da cidade, um dos edifícios mais emblemáticos da região. É o local ideal para ajudar pessoas com febre e problemas respiratórios. É uma obrigação que temos como instituição, ajudar para o número de pessoas possíveis - disse Hans-Joachim Watzke, CEO do Borussia.

A Alemanha é o quarto país mais afetado pela COVID-19, com 89.410 casos confirmados até o momento. No entanto, o número de mortos não tem sido tão alto como em outros países, com 1.233 mortes confirmadas.