Futebol Esquema tático testado por Mancini no Corinthians é aprovado pelo treinador: 'Altamente positivo'

Esquema tático testado por Mancini no Corinthians é aprovado pelo treinador: 'Altamente positivo'

Em 40 jogos pelo Timão, técncico utilizou pela primeira vez uma formação com três zagueiros

Lance
Lance

Lance

Lance

No empate em 2 a 2 contra o São Paulo, neste domingo (2), pela décima rodada do Campeonato Paulista, na Neo Química Arena, o técnico Vagner Mancini utilizou pela primeira vez, em suas 40 partidas, um esquema com três zagueiro. E mesmo que não tenha vencido, treinador do Corinthians aprovou a formação utilizada no Majestoso, ainda que tenha identificado alguns problemas.

– Não tenha dúvida que a avaliação é altamente positiva, embora a gente tenha sentido um pouco de dificuldade no começo da partida, o que é natural, pois, além de você fazer a opção pela mudança de sistema, também promove a entrada de alguns atletas em um clássico. Então, não era uma missão, uma tarefa fácil, mas foi uma tarefa bem executada – pontuou Vagner Mancini em entrevista coletiva virtual concedida após o clássico.

>> Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos do Corinthians

Vagner gostou do que viu do seu time a partir dos 30 minutos do primeiro tempo, e principalmente na etapa final, onde classificou a sua equipe melhor do que a adversária.

– Acho que a partir de meia-hora a equipe se soltou um pouco mais, No começo, muitos erros de passes, e isso acabou dando um peso dentro de toda essa análise. Mas no momento em que nos soltamos um pouquinho mais, chegamos mais a frente, fizemos o gol de empate, ainda no primeiro tempo, e na segunda etapa eu vi o Corinthians melhor que o São Paulo, com uma força, uma saída de bola acima. Então dentro daquilo que foi a partida, a gente teve um pouco de dificuldade no começo, mas soube administrar e soube melhorar durante a partida, o que vem um fato extremamente positivo – destacou o treinador.

O comandante corintiano admitiu que a ideia de levar o esquema com três defensores foi trabalhada pensando especificamente no adversário em questão, mas não descartou a possibilidade de seguir usando, inclusive no compromisso desta quinta-feira (6), às 21h30, contra o Sport Huancayo (PER), fora de casa, pela terceira rodada do grupo E da Copa Sul-Americana.

– Nós sabíamos que o São Paulo jogava no sistema diferente e nos adequamos a partida, óbvio que eu usei as peças que se encaixavam nisso. Não quer dizer que eu vá retornar àquela equipe de quinta-feira e não quer dizer que esse esquema vai ser mantido em todas as partidas – disse Mancini.

– Essa equipe tenha uma grande possibilidade de ser mantida. Mas vamos estudar a equipe peruana também, para que sempre a decisão tomada seja melhor para o grupo e para o Corinthians – acrescentou.

Se por um lado, o Corinthians de Mancini é líder com sobras no grupo A do Campeonato Paulista, a situação na Sul-Americana já é delicada, com apenas um ponto conquistado em seis disputados até aqui.

Últimas