Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Em jogo encerrado por briga, Ceará empata com Cuiabá e fica de fora do Z4 do Brasileirão

Torcedores invadiram o gramado por causa de confusão; alguns ficaram feridos e foram atendidos pelos bombeiros

Futebol|Do R7

Jovem torcedor do Ceará precisou ser atendido pelos bombeiros após confusão
Jovem torcedor do Ceará precisou ser atendido pelos bombeiros após confusão Jovem torcedor do Ceará precisou ser atendido pelos bombeiros após confusão

Mais um jogo marcado pela violência no Brasil. Em um confronto bastante truncado enquanto a bola rolava, o Cuiabá empatou com o Ceará em 1 a 1, na Arena Castelão. Os times se enfrentaram neste domingo (16), pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Deyverson, para os visitantes, abriu o placar. Jô, nos acréscimos do segundo tempo, deixou tudo igual.

O que manchou o duelo foi uma briga entre torcedores do Vozão. Eles invadiram o campo e causaram o fim do jogo antes da hora.

Com o resultado, o time cearense escapa da zona de rebaixamento, ficando em 16º, com 34 pontos. Enquanto isso, o Dourado fica na 17ª colocação, com 31 tentos.

LÁ E CÁ!

Publicidade

A partida começou bastante truncada entre as duas equipes, que chegaram pressionadas pela zona de rebaixamento. Com isso, os dois times evitaram se expor. O Ceará chegou bastante em bolas aéreas, mas falhou na finalização. Já o Cuiabá apostou nos contra-ataques, sem sucesso.

Mendoza tentou bastante, mas não evitou tropeço do Ceará
Mendoza tentou bastante, mas não evitou tropeço do Ceará Mendoza tentou bastante, mas não evitou tropeço do Ceará

O primeiro perigo foi aos 8, com Mendoza, que cabeceou para fora. Aos 20, o camisa 10 balançou as redes, após lançamento de Nino Paraíba. Contudo, a arbitragem pegou impedimento e anulou. Seis minutos depois, Lima tentou com chute colocado, mas foi por cima do gol. Aos 35, Marcão teve uma finalizou travada pela defesa.

Publicidade

QUEM NÃO FAZ, LEVA...

A segunda etapa começou com tudo. Logo aos 2, Deyverson chegou a balançar as redes para o Cuiabá. Contudo, a arbitragem marcou impedimento. Logo depois, Igor Cariús chegou atrasado em Richardson e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso. O Vozão não ficou para trás e pressionou. O time da casa respondeu com Richardson, que mandou uma bomba muito perto da trave de João Carlos.

Publicidade

Leia também

Aos 31, Mendoza teve ótima chance. Na jogada, o camisa 10 foi acionado, ajeitou para a canhota e fuzilou. A bola explodiu na trave. Na volta, Cléber desperdiçou.

Depois de muitas tentativas, Deyverson abriu o placar aos 38. Na jogada, Castilho recuou errado e deixou para o camisa 9 driblar o goleiro e mandar para o fundo das redes.

No final, aos 46, Nino Paraíba cobrou escanteio, e a bola ficou viva na área. Jô aproveitou a sobra e empurrou para o gol.

Após o empate, muitos torcedores do Ceará invadiram o campo por causa de uma briga nas arquibancadas. Alguns deles ficaram feridos e foram atendidos pelos bombeiros.

Sem a segurança necessária para o jogo voltar, a arbitragem decidiu encerrar a partida.

FICHA TÉCNICA

Ceará x Cuiabá

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Data e hora: 16/10/2022 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Marcia Bezerra Lopes Caetano (RO)

VAR: Rafael Traci (SC)

Cartões amarelos: Nino Paraíba e Richard Coelho (Ceará); Joaquim, Igor Cariús, Denilson, Alan Empereur e Deyverson (Cuiabá)

Cartões vermelhos: Igor Cariús (Cuiabá)

GOLS: Deyverson, aos 37'/2ºT (0-1); Jô, aos 46'/2ºT (1-1)

CEARÁ (Técnico: Lucho González)

João Ricardo; Gabriel Lacerda (Cléber, aos 14'/2ºT), Luiz Otávio e Victor Luis; Nino Paraíba, Richardson, Richard Coelho (Guilherme Castilho, aos 22'/2ºT), Bruno Pacheco, Lima (Vina, aos 14'/2ºT) e Mendoza; Jô.

CUIABÁ (Técnico: António Oliveira)

João Carlos; Marcão Silva, Joaquim, Paulão, Alan Empereur e Igor Cariús; Denilson, Rafael Gava (Daniel Guedes, aos 41'/2ºT), André Luís (Felipe Marques, aos 49'/2ºT) e Rodriguinho (Pepê, aos 12'2ºT); Deyverson (Gustavo Nescau, aos 41'/2ºT).

Firmino, Neymar ou Kaká? Saiba quem são os maiores artilheiros do Brasil na Champions League

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.