Futebol Em jogo de sete gols, Flamengo vence o Grêmio e segue com 100% no Brasileirão Sub-17

Em jogo de sete gols, Flamengo vence o Grêmio e segue com 100% no Brasileirão Sub-17

Herói contra o Ceará na última rodada, Matheus Gonçalves, de 15 anos, sai do banco e marca o gol da vitória por 4 a 3, no Luso Brasileiro

Lance
Lance

Lance

Lance

Em um jogo movimentado e com sete gols, o Flamengo venceu o Grêmio, nesta quarta-feira, por 4 a 3, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro Sub-17. Peterson (2), Victor Hugo e Matheus Gonçalves fizeram os rubro-negros, enquanto Hiago, Kauã Kelvin e Pablo anotaram para o clube gaúcho.

+ Qual o seu favorito? Confira a evolução do uniforme 2 do Flamengo no século

TABELA E PRÓXIMA RODADA

Com o resultado, o Flamengo chega aos nove pontos e se mantém com 100% de aproveitamento no Brasileirão Sub-17. Antes, a equipe já havia vencido Palmeiras e Ceará, ambas por 2 a 1. Assim, o Rubro-Negro amplia a vantagem na liderança do Grupo A, enquanto o Grêmio estaciona na sexta posição, com três pontos conquistados.

O Flamengo volta a campo na próxima terça-feira, às 19h (de Brasília), para enfrentar o São Paulo, em Cotia.

O JOGO

Apesar do bom momento rubro-negro, foi o Grêmio que saiu na frente, na Ilha do Governador. Aos 24 minutos, Hiago recebeu cruzamento de Fabrício dentro da área e tocou entre as pernas do goleiro Diogo. Em seguida, uma virada relâmpago do Flamengo: aos 35, Peterson marcou de falta e deixou tudo igual. No minuto seguinte, Matheus França foi ao fundo e rolou para Victor Hugo, que empurrou para o gol e colocou o Fla na frente do placar.

Ainda no primeiro tempo, Petterson fez boa jogada individual pelo lado esquerdo e contou com a falha do goleiro Luizão para fazer o terceiro do Flamengo na partida.

No segundo tempo, o Grêmio se recuperou e chegou ao empate. Em lances de jogada aérea, Kauã Kelvin e Pablo marcaram de cabeça e deixaram o placar em 3 a 3. O gol da vitória rubro-negra só viria a sair aos 35 minutos, pelos pés de Matheus Gonçalves.

O meia, de apenas 15 anos, já havia sido decisivo contra o Ceará na última rodada e repetiu a dose. Após receber passe dentro da área, o jovem finalizou fraco, mas contou com a sorte para bater o goleiro e balançar as redes.

Últimas