Futebol Em dia de jogo pela Liga Europa, Nápoles presta homenagens e chora pela morte de Maradona

Em dia de jogo pela Liga Europa, Nápoles presta homenagens e chora pela morte de Maradona

Napoli enfrenta o Rijeka, pela Liga Europa, nesta quinta-feira. Horas antes da partida, o estádio se torna palco de homenagens e vigílias ao ídolo argentino

Lance
Lance

Lance

Lance

A mais de 11 mil quilômetros de distância de Bueno Aires, outro local entrou em luto oficial, nesta quarta-feira, após a morte de Maradona: Nápole. No sul da Itália, a cidade foi o local onde o ídolo argentino jogou mais tempo, viveu o auge da carreira e se tornou um verdadeiro deus.

+ Confira a tabela do Campeonato Italiano

Desde quarta-feira, torcedores do Napoli ignoraram o pedido de confinamento geral e foram às ruas prestar homenagens a Maradona. Em frente ao estádio San Paolo, que deve ser rebatizado no futuro com o nome do argentino, milhares de pessoas se reuniram em vigília e choraram pela morte do ídolo.

Nesta quinta-feira, às 17h (horário de Brasília), o palco receberá a partida entre Napoli e Rijeka, da Croácia, válida pela Liga Europa. O clube italiano, que aposentou a camisa 10 no início dos anos 2000 em homenagem a Maradona, não informou até o momento sobre a homenagens que serão feitas.

Pelo Napoli, Maradona disputou sete temporadas e conquistou cinco títulos: o Campeonato Italiano (1986/87 e 1989/90), a Copa da Uefa (1988/89), a Copa Itália (1986/87) e a Supercopa da Itália (1990). No total, disputou 259 partidas com a camisa celeste, marcando 115 gols. Assim, o argentino se tornou o maior ídolo da história do clube italiano.

Últimas